O nome dele já está gravado na história do Cascavel Futsal. Gilmar Dias Costa, o Gilmarzinho, carrega no currículo uma marca invejável: é o (um dos) maior(es) vencedor(es) da história do time.
Em todos os seis títulos estaduais conquistados pela Serpente Tricolor, Gilmarzinho esteve presente, seja dentro ou fora de quadra.
Com 20 anos de carreira como jogador, o ex-ala chegou no oeste do Paraná já nos últimos anos de profissão, mas conquistou aqui alguns dos troféus mais importantes dele e do clube.
Desde que ele passou a vestir a camisa tricolor, o Cascavel emendou uma sequência de três títulos seguidos na Série Ouro do Campeonato Paranaense, em 2003, 2004 e 2005.
Logo depois de se aposentar, Gilmarzinho virou auxiliar-técnico permanente.
Na comissão técnica, foi novamente três vezes campeão estadual em: 2011, 2012 e 2020.
“De todos, o primeiro título foi o mais inesquecível, por ser o primeiro para mim e para o clube. Quando cheguei prometi para a diretoria e para torcida que seríamos campeões e consegui cumprir”, afirmou.
Agora, Cascavel Futsal e Gilmarzinho vão em busca do sétimo título paranaense.
A Serpente, que é a maior vencedora do estado, enfrentará o Campo Mourão na decisão.
O primeiro jogo será no próximo domingo, dia 5, às 11 horas da manhã, no ginásio Belin Carolo.
A última e decisiva partida será na próxima quarta-feira, dia 8, às 19h05, no Ginásio da Neva.
“O Cascavel Futsal está em uma crescente grande nos últimos anos. A diretoria deu toda a estrutura para que dentro de quadra a comissão técnica e os jogadores possam dar o máximo.
Se a gente conseguir conquistar este título será uma felicidade enorme não só para mim, mas para todos os torcedores da nossa região. Confio muito que estamos preparados para fazer bons jogos e conquistar tanto o sétimo título da Série Ouro como o da Liga Nacional de Futsal”, afirmou Gilmarzinho.

(Assessoria)