O milho vai ganhando espaço nas lavouras paranaenses após o início da colheita da soja. Cerca de 20% da soja já foi colhida e 30% do milho acaba de ser semeado no Estado, de acordo com o Deral (Departamento de Economia Rural do Paraná). Durante o Show Rural, os agricultores podem ter orientações sobre ambos os cultivos no estande da BASF.

Nesta época, quem ainda tem soja no campo deve cuidar com as doenças fúngicas, especialmente a ferrugem asiática. A aplicação do fungicida Versatilis®, associado ao Status®, é indicada por especialistas como Helio Cabral, gerente de Marketing Soja da BASF. “A dessecação para a colheita com o herbicida dessecante Finale® permite uniformidade e qualidade ao grão”, recomenda Cabral.

Segunda Safra

É grande a expectativa para a segunda safra de milho no Paraná. A previsão é de que a área cultivada do cereal aumente 4% no Estado, totalizando cerca de 2,2 milhões de hectares. A produtividade deve crescer mais de 30%, com produção em torno de 12,7 milhões de toneladas no Estado, aponta o Deral.

O resultado positivo na segunda safra será alcançado se o produtor realizar o manejo correto das lavouras. Quanto às pragas, é importante o monitoramento e o controle da lagarta-do-cartucho com a aplicação do produto inseticida Imunit®. Outro cuidado essencial é com o controle dos fungos que podem causar doenças como a mancha branca. Neste caso, a orientação é para o uso de produtos fungicidas como Orkestra® SC e Abacus® HC.

Portfólio com novidades

Pela primeira vez, a BASF apresenta o portfólio de sementes no Show Rural. As sementes de soja Credenz® e SoyTech® são opções para o planejamento da safra 2019/2020. Um dos destaques é a variedade BS 2606 IPRO, que é altamente adaptada para a produção no estado do Paraná. “Essa cultivar oferece sanidade radicular, resistência à fitóftora e alto teto produtivo“, explica Daniel Schardong Gobbi, gerente de licenciamento SoyTech® da BASF.

Digital

A BASF oferece o serviço de Monitoramento Digital das lavouras durante a feira. A empresa é referência em inovação e parcerias com startups. Desde 2016, a BASF promove o AgroStart, programa de aceleração de startups. Almir Araújo, responsável pela área de Agricultura Digital da BASF para América Latina, afirma que as soluções digitais otimizam o uso de produtos e serviços, contribuindo para a rentabilidade do negócio e o legado da agricultura. Araújo participará do 1º Show Rural Digital, destacando a importância do empreendedorismo no agronegócio.