Balança de passagem e cross ventilation vão ser as atrações da pecuária no Show Rural 2019

Uma balança de passagem e uma nova técnica de confinamento para gado de leite serão as duas principais atrações da área pecuária do Show Rural Coopavel 2019. A pecuária ganha impulso há três anos no evento e vira sensação devido à quantidade de novidades desenvolvidas para avanços ao segmento, informa o coordenador da área, o médico veterinário Fábio Taborda.

Unimed

A Embrapa (Embrapa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) e a Coimma, indústria do interior de São Paulo que é a maior do Brasil e da América Latina na produção de equipamentos para a pecuária, vão apresentar a balança de passagem, novidade que chega com força nas propriedades dedicadas à pecuária pelo País afora.

O equipamento foi desenvolvido para dar informações em tempo real sobre as condições de cada animal do plantel ao proprietário e aos gestores do rebanho. A balança é posicionada em uma área na qual os animais obrigatoriamente terão de passar para beber e se alimentar. No retorno, eles passam sobre o equipamento que registra inúmeras informações que então permitem conhecer a situação geral do plantel.

Os animais recebem brinco ou colar com chip que se comunica com o software da balança de passagem. Em tempo real na tela do computador ou em aplicativo de smartphone, o proprietário e os ajudantes têm leituras precisas sobre peso (e de quanto o animal ingeriu em cada refeição), o quanto bebeu e também informações que têm relação com o mercado, que indicam quando é o melhor momento para vender e o ponto de equilíbrio financeiro de cada animal.

Ventilação cruzada

A sueca DeLaval, fundada em 1845 e líder no mundo na fabricação de soluções para a pecuária de leite, vai apresentar no Show Rural Coopavel uma técnica de confinamento bastante conceituada em países europeus e em rápida disseminação nas principais propriedades leiteiras do Brasil. É o método conhecido por cross ventilation (ventilação cruzada), que melhora o conforto animal e eleva a qualidade da produção.

A técnica consiste em confinamento em barracão dotado de toda estrutura para acomodação, alimentação e ordenha dos animais. O uso de placas evaporativas permite, dentro do ambiente, temperatura até 12 graus inferior à externa, diz o médico veterinário da Coopavel Augusto Cesar Mezzon. Em uma das paredes são instalados exaustores, que expulsam o ar quente. E em outra, além desses equipamentos, há uma espécie de cortina com fluxo contínuo de água, que tem por função reduzir a temperatura do ar lançado para dentro do espaço.

O ambiente controlado reduz o estresse e melhora a performance dos animais. Técnicos da Embrapa, da Coimma e da DeLaval estarão no Show Rural Coopavel, de 4 a 8 de fevereiro de 2019, para dar detalhes do funcionamento dessas tecnologias desenvolvidas para tornar a pecuária ainda mais eficiente e rentável. Neste ano, com novos currais que acabam de ser construídos ao lado de seis pavilhões, a área pecuária vai receber 400 animais de 15 raças de corte e leite.

 

JK

Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação