São Paulo – O Brasil tem mais uma possibilidade de medalha em Tóquio. No último dia de uma janela de mais de dois anos para obtenção de índices para os Jogos Olímpicos no atletismo, a brasileira Núbia Soares enfim conseguiu o índice necessário para ir ao Japão no salto triplo. E, de cara, com um resultado que a coloca como candidata ao pódio.

Núbia, que mora e treina na Espanha e defende o Barcelona no atletismo europeu, acertou um salto de 14,68m logo na sua primeira tentativa em uma competição na Espanha. Depois, abandonou a prova, satisfeita. A marca é a segunda melhor da história do atletismo brasileiro, só um centímetro pior do que o recorde sul-americano, da própria Núbia, de 2018. O resultado também coloca a brasileira na lista de candidatas a um pódio em Tóquio. Desde o início do período de obtenção de índices, só seis atletas saltaram melhor do que ela.