Curitiba – Vitorioso por 3 a 0 no jogo de ida da primeira fase da Copa Sul-Americana com o Newells Old Boys, o Atlético-PR desafia o rival agora na Argentina em busca de fazer valer a vantagem para seguir adiante na competição. O jogo de volta entre as equipes está marcado para as 19h15 desta quinta-feira, no Estádio El Coloso Del Parque, na cidade de Rosário.

Na partida realizada há quase um mês, o Furacão deixou ótimas impressões até mesmo nos adversários. “Deram-nos uma aula de futebol. Apareceu um time que joga muito bem, corre muito e não pegamos nunca”, disse após o técnico da equipe rosarina, Omar De Felippe, após aquele jogo.

No compromisso seguinte, o Atlético goleou a Chapecoense por 5 a 1 depois de sair atrás no placar e eliminou o São Paulo da Copa do Brasil em pleno Morumbi. Aí o estilo de jogo do Rubro-Negro chamou a atenção no País, principalmente depois do empate sem gols com o Grêmio em Porto Alegre. Na ocasião, o técnico Renato Gaúcho disse que tinha sido a melhor partida do ano no futebol brasileiro e o treinador Rogério Ceni (Fortaleza) disse que assistiu a reprise do jogo três vezes.

De lá para cá, porém, o time paranaense repetiu as atuações e acumulou empate com o Bahia e derrota para o Palmeiras. Nesta noite, tem a vantagem de poder perder por dois gols de diferença devido ao resultado construído em casa. Em campo, o técnico Fernando Diniz não conta com o lateral-direito Thiago Carleto, suspenso. Já na zaga Paulo André retorna para formar trio com Pavez e Thiago Heleno.