O prefeito Leonaldo Paranhos e o secretário de Saúde, Rubens Griep, inauguraram ontem (27) as novas instalações do Laboratório Central Municipal, na Rua Cuiabá esquina com Carlos de Carvalho, 2.370, no Parque São Paulo, em Cascavel.

O laboratório atende em média 500 pacientes, entre coletas internas e externas, e realiza cerca de 4 mil exames diariamente. Agora, ele passa a funcionar no mesmo prédio do Cedip, que também foi inaugurado ontem.

Paranhos falou da alegria de ver o prédio do laboratório pronto e equipado com a tecnologia mais avançada que existe à disposição da saúde da população. "Estou muito feliz, porque um sonho que se sonha sozinho é apenas um sonho, mas o sonho que se sonha em conjunto se torna uma realidade. Ver a população e os servidores sendo atendidos em um prédio como este é a realização de um sonho que começou ainda antes da eleição, durante a campanha quando sonhávamos com um sistema humanizado e servidores capacitados e envolvidos com este projeto", disse Paranhos.

A coordenadora do Laboratório Municipal, Cláudia Sauter, agradeceu o apoio recebido da equipe que trabalhou e sonhou muito com o novo espaço e serviço, sempre pensando em um atendimento de melhor qualidade para os usuários. "Valeu a pena esperar. Hoje estamos em uma estrutura nova, bonita e adequada".

O laboratório conta com 38 servidores contando com analistas clínicos, administrador hospitalar, técnicos de laboratório, agentes administrativos, de apoio e estagiários de nível superior.

Modernidade

Prova dos investimentos feitos na saúde pública pelo governo municipal está na oferta de cinco scanners de vasos, aparelhos que fazem a "leitura" das veias, o que facilita a localização e o acesso, reduzindo o sofrimento do paciente no momento de pulsionar a veia para procedimentos médicos.

Prêmio de Excelência

Há 15 anos, o Laboratório Central, tem recebido o prêmio de excelência do Programa Nacional de Controle de qualidade, que avalia a forma como os exames de HIV são feitos. No Brasil, há 4 mil laboratórios de análises clínicas. Existe uma regulamentação por parte da Anvisa que todos devem fazer parte do controle de qualidade. O Ministério da Saúde credenciou 180 laboratórios para realizar e confirmar teste de HIV e, desses, Cascavel foi contemplado: "Somos um dos cinco laboratórios no Paraná que são referência para diagnóstico de HIV/Aids", disse a coordenadora técnica do Laboratório Central, Neli Norder Tschurtschenthaler.

Cedip de casa nova

Após 18 meses atendendo a população em um endereço improvisado, o Cedip (Centro Especializado de Doenças Infecto-Parasitárias) passou a funcionar em nova sede, na Rua Cuiabá, 2.340, no Parque São Paulo, no mesmo prédio do Laboratório Central Municipal.

O Cedip atende em média 250 pessoas por dia com a entrega de medicação, atendimento médico, testagem rápida (HIV), orientação de prevenção e palestras.

A entrega da nova estrutura pelo prefeito Leonaldo Paranhos e pelo secretário de Saúde, Rubens Griep, ontem contou com a participação de integrantes do Grupo de Apoio Vida e Atitude.

Na nova estrutura do Cedip, a população conta ainda com o "Hospital Dia", que é voltado ao atendimento de pacientes com HIV que precisam tomar medicação e não precisam ficar internados. Nesse espaço os pacientes ficam em média duas a oito horas.

Para dar conta do atendimento, o Cedip conta com um quadro de 32 servidores.

Cedip

O Cedip foi criado há 17 anos e disponibiliza aos pacientes cinco ambulatórios de atendimento: ambulatório HIV/Aids, ambulatório de infecções sexualmente transmissíveis, ambulatório de hepatites virais, ambulatório de infectologia geral, ambulatório de profilaxia pós exposição sexual(violência ou consentida) e pediátrica e ambulatório de ginecologia e obstetrícia para mulheres HIV/Aids.