Argentino desaparecido era maior contratação do Cardiff

Londres – O argentino Emiliano Sala se acidentou no melhor momento de sua carreira. O atacante estava no avião de pequeno porte que desapareceu no Canal da Mancha na noite de segunda-feira (21) – as autoridades tratam como pequenas as chances de sobreviventes.

JK

Aos 28 anos, ele havia acabado de ser vendido pelo Nantes, da França, para o Cardiff, da Inglaterra, por 15 milhões de libras (R$ 72,8 milhões), valor recorde para o clube inglês.

A transferência milionária foi a consagração de uma volta por cima na carreira de Sala. Há pouco menos de 10 anos, ele era rejeitado por clubes da Eccellenza Campania, equivalente à quinta divisão da Itália, por ter um futebol considerado “pobre”.

A temporada 2018/19 caminhava para ser a melhor de sua carreira. O argentino havia marcado 13 gols em 21 partidas, sendo oito deles em apenas cinco jogos. No dia 19 de janeiro, o Cardiff desembolsou 15 milhões de libras para contratá-lo. Dois dias depois, o avião desapareceu no Canal da Mancha.

brde2

Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação