Cascavel – Até o fim da semana o agropecuarista Alessandro Meneghel deixará a PEC (Penitenciária Estadual de Cascavel). para aguardar em semi-liberdade o julgamento do processo em que é acusado de assassinar o policial federal Alexandre Dommond Barbosa, em abril de 2012.

O habeas corpus impetrado pela defesa de Meneghel foi acatado pelo desembargador Antonio Loyola Vieira, do TJ do Paraná, ainda no fim da tarde de sexta-feira (3). O início do cumprimento da decisão, entretanto, será definido pelo juiz Paulo Damas, titular da Vara de Execuções Penais de Cascavel, que onde corre o processo.

O crime aconteceu em frente a uma casa noturna na região central de Cascavel. Meneghel utilizou-se de uma espingarda calibre 12 e uma pistola calibre 380 para matar o policial federal. O ruralista foi preso poucas horas depois do crime pela Polícia Federal e admitiu o homicídio.