Duas adolescentes de 15 anos e uma de 16 anos, todas de Cascavel, foram encontradas em situação de prostituição em Corbélia, informa o Conselho Tutelar local. A PM (Polícia Militar) acompanhou a abordagem e três pessoas foram presas.

Segundo o conselheiro Jair da Silva Dias, uma das meninas havia consumido bebida alcoólica. O caso foi registrado no dia 13 de junho e divulgado esta semana. “Elas foram encontradas em uma boate da cidade depois de uma denúncia anônima. Como eram de Cascavel, entramos em contato com os pais e encaminhamos o caso para o Conselho Tutelar da cidade. Agora, elas terão acompanhamento da rede de proteção e devem receber atendimento psicológico”, explica Dias, que é de Corbélia.

O conselheiro conta que os pais das garotas se mostraram surpreendidos e relataram que as filhas contavam que iam para a casa de amigas e que não suspeitaram o que estava acontecendo.

O Conselho Tutelar informou que essa foi a primeira vez que esse tipo de ocorrência foi registrado em Corbélia e que a denúncia foi essencial para a prisão em flagrante dos suspeitos.

 

Prisões

Um casal, que se identificou como responsável pelas adolescentes, e o dono da casa noturna foram levados para a Delegacia de Corbélia no momento do flagrante.

A Polícia Militar prendeu os três pelos crimes de favorecimento de prostituição ou de outra forma de exploração sexual de adolescente, e por fornecer bebida alcoólica para menores.

A Polícia Civil de Corbélia não confirmou se os três permanecem presos, mas disse que o caso segue sendo investigado.