A dança tratada como uma expressão global

Atividade é recurso pedagógico que auxilia aluno na construção do conhecimento

A dança tem tido um papel importante na expressão humana desde os primórdios da história. Primeiro como forma de rituais e festejos, depois como expressão da arte e do corpo. Quando observamos a história é possível perceber que todos os povos, desde a Antiguidade, cultivavam formas expressivas como as danças, os jogos e as lutas. A dança possuía desde o princípio um caráter de expressão de significados e sentimentos: caça, colheita, alegria, tristeza. Também foi usada em rituais de passagem e religiosos, pois se trata de uma forma de reunião de pessoas.

A dança é uma das artes mais antigas que o homem experimentou. Ao longo dos anos evoluiu em conceitos, nos fatos sociais e culturais, revelando a relação do homem com o mundo e seus diferentes meios de vida. Passou de expressão de sentimentos e rituais até fazer parte de cerimônias, espetáculos, celebração e, por fim, uma forma de divertimento e aprendizagem.

Em sentido geral, dançar é a arte de mover o corpo. Hoje, enquanto forma de expressão, torna-se praticamente indispensável para vivermos presentes, críticos e participantes em sociedade. Diante disso, podemos compreender que a dança tem grande valor pedagógico. Ela possui uma importante ligação com a educação, visto que no universo pedagógico ela auxilia o desenvolvimento do aluno, facilitando sua aprendizagem e resultando na construção do conhecimento.

Sendo a escola um dos agentes responsáveis pela integração da criança na sociedade, além da família, o espaço escolar se configura como uma oportunidade para o exercício da dança. A inclusão da dança no processo de aprendizagem certamente contribui para o bom desenvolvimento intelectual, corporal e estimula uma socialização adequada a criança, através de atividades em grupo, de forma que capacite o relacionamento e participação ativa das mesmas, caracterizando em cada criança o sentimento de sentir-se um ser social, fazendo parte de um todo.

No Colégio Santa Maria, a dança faz parte do contexto de praticamente todos os níveis. Desde os espetáculos da educação infantil, para os quais alunos e professoras se empenham e demonstram toda a beleza da dança e da fantasia; até os festivais de dança e ginástica rítmica, nos quais a expressão artística aflora em movimentos sincronizados e na interação corporal e social proporcionada pela dança.

Trabalhar com a dança dentro de uma visão pedagógica vai muito além do que ensinar gestos e técnicas aos alunos. É, na verdade, uma oportunidade de ensinar, da maneira mais divertida, todo o potencial de expressão do corpo humano. É um ótimo recurso pedagógico para desenvolver uma linguagem diferente da fala e da escrita, e até mesmo aumentar a socialização da turma.



Fale com a Redação