15ª Brigada de Infantaria tem novo comandante

Diante das restrições impostas pela pandemia da covid-19, a solenidade não foi aberta ao público externo.

Uma cerimônia realizada nesta quinta-feira (23) na 15ª Bda Inf Mec (15ª Brigada de Infantaria Mecanizada) passou o comando que era do General de Brigada Roberth Alexandre Eickhoff para o General de Brigada Cláudio Henrique da Silva Plácido.

Quando usar máscara de pano

A cerimônia foi presidida pelo Comandante da 5ª Divisão de Exército, General de
Divisão Carlos José Russo Assumpção Penteado, e contou com a presença dos comandantes das organizações Militares subordinadas à 15ª Bda Inf Mec, além dos oficiais integrantes do Estado-Maior.

Diante das restrições impostas pela pandemia da covid-19, a solenidade não foi aberta ao público externo.

Após dois anos de trabalho à frente da Brigada “Pioneira da Infantaria
Mecanizada no Brasil”, o General Eickhoff segue para Brasília-DF, nomeado para assumir novos desafios profissionais, na Subchefia de Coordenação Logística e Mobilização do Ministério da Defesa.

O General Plácido, novo comandante da “Brigada Guarani”, estava servindo no
Estado-Maior do Exército, sediado na cidade de Brasília-DF.

Natural da cidade do Rio de Janeiro-RJ, incorporou às fileiras do Exército em 13 de
fevereiro de 1984, na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, sediada em CampinasSP. Foi declarado Aspirante da Arma de Infantaria em 24 de novembro de 1990.

Foi oficial subalterno no contingente brasileiro na missão das Nações Unidas em
Moçambique. Cursou a Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais no ano de 1997 e, nos anos de 2005 e 2006, realizou o Curso de Comando e Estado-Maior do Exército.

Foi instrutor do Curso de Infantaria da Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais, na
cidade do Rio de Janeiro-RJ, e do Centro de Preparação de Oficiais da Reserva na cidade de Porto Alegre-RS.

Desempenhou a função de Adjunto da 3ª Seção do Comando de Fronteira de
Rondônia/6º Batalhão de Infantaria de Selva, sediado na cidade de Guajará-mirim-RO.
Como oficial de Estado-Maior, foi Chefe da 3ª Seção do Comando da 3ª Divisão de
Exército, sediada em Santa Maria-RS, e chefe da Seção de Planejamento de Operações Correntes na Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (MINUSTAH).

Desempenhou a função de Analista de Inteligência do Centro de Inteligência do
Exército, em Brasília-DF, e comandou o 26º Batalhão de Infantaria Paraquedista, na cidade do Rio de Janeiro-RJ.

Foi Adido de Defesa, Naval, do Exército e Aeronáutico em Angola e São Tomé e
Príncipe. Dentre as condecorações que possui, destaca-se a Ordem do Mérito Militar no grau Comendador.

Mosquito da dengue nas áreas externas


Fale com a Redação

2 × 2 =