Cascavel – Em nove operações realizadas pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) neste ano durantes feriados emendados, 64 pessoas perderam a vida em acidentes, ou seja, 15% do total de óbitos ocorridos em todo o ano (416 mortes de janeiro a outubro em todo o Paraná).

No feriado da Proclamação da República, semana passada, houve o maior número de mortes neste ano, deixando um rastro de sangue nas rodovias federais do Estado.

De quarta-feira até domingo, a PRF registrou 15 mortes nas rodovias federais do Paraná. Cinco delas em apenas um acidente, que ocorreu na tarde de sábado na BR-277 em Santa Tereza do Oeste, em uma colisão envolvendo um veículo Ônix e um ônibus.

O grande volume de acidentes ocorre por conta da imprudência dos motoristas. “No caso das mortes registradas nesse feriado da República, todas ocorreram em pista seca e em retas. Chama a atenção as causas desses acidentes. Como é de costume vermos nas rodovias: excesso de velocidade, ingestão de bebida alcoólica, além de não manter a distância de segurança entre os veículos”, resume o policial rodoviário federal Fernando Oliveira, chefe do Núcleo de Comunicação da PRF no Paraná.