Voz das ruas já não tem a mesma força

Em Cascavel, por exemplo, apenas pouco mais de cem pessoas participaram do único ato

Cascavel – Conforme estava previsto, as manifestações realizadas domingo por todo País, tanto favoráveis quanto contrárias ao impeachment de Dilma Rousseff (PT), reuniram bem menos gente que as anteriores. Em Cascavel, por exemplo, apenas pouco mais de cem pessoas participaram do único ato, favorável ao afastamento definitivo da presidente. O mesmo ocorreu na vizinha Toledo.

JK

Em Curitiba, onde se registrou um dos maiores atos do País, a concentração começou com cerca de três mil pessoas na Praça Santos Andrade e teria reunido 25 mil em seu final, na Boca Maldita, segundo números da Polícia Militar. Em março passado o público foi calculado em 80 mil. Já o ato contrário à permanência do presidente interino Michel Temer reuniu na Praça 19 de Dezembro não mais de 250 pessoas, segundo a mesma PM.

O ato pró-impeachment da capital paranaense teve repercussão adicional diante do protesto dos manifestantes contra a atriz Letícia Sabatella, que tem se posicionado em defesa de Dilma Rousseff. Sua presença na manifestação revoltou um grupo que tentou agredi-la fisicamente, o que só não ocorreu diante da pronta ação da PM.

O JULGAMENTO

O julgamento final do processo de impeachment de Dilma Rousseff ocorrerá no Senado. A previsão é de que ele comece no dia 29 deste mês e se estenda por uma semana.

JK

Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação