O Conselho de Administração da Universidade Estadual de Londrina (UEL) fixou o preço público da inscrição do Vestibular 2022 em R$ 140,00. Há um reajuste de R$ 5,00 em relação ao último concurso em função de custos e pelo caráter excepcional do vestibular que, como o de 2021, será em fase e dia únicos. O valor ainda é inferior ao das taxas anteriores, de R$ 152,00.

Na reunião do Conselho, a discussão do tema foi marcada pela preocupação em relação ao valor a ser fixado. Para o reitor Sérgio Carlos de Carvalho, é preciso lembrar sempre o peso da inscrição para as famílias, sobretudo aquelas mais atingidas economicamente no último ano.

Ele reafirma que a UEL é uma instituição pública com compromissos e responsabilidades sociais. “A realização do vestibular impacta de forma importante a cidade”, disse.

Na avaliação da Coordenadoria de Processos Seletivos (COPS), o preço é resultado de um esforço da instituição, sensível à situação econômica pela qual passa o País em razão da pandemia.

O processo conta com políticas e mecanismos de isenção e descontos do valor da inscrição, que já estão em andamento. Na modalidade Número de Identificação Social (NIS) do CadÚnico já foram atendidos 1.156 pedidos de isenção e há, ainda, a avaliação socioeconômica, que está com inscrições abertas até 17 de agosto.

A Coordenadoria enfatiza a excepcionalidade do próximo concurso, que também será em fase e dia únicos, em 6 de março, igualmente pelo cenário atual – um vestibular com mais dias de provas terá, logicamente, custo mais alto.