Trump ameaça barrar voos do Brasil para os Estados Unidos

Trump disse que o Brasil está adotando a estratégia do "rebanho", que consiste em deixar a população se contaminar para que obtenha imunidade

Washington – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a dizer que pode impedir a entrada de voos do Brasil por causa do aumento de infecções por coronavírus no País. “Estamos considerando”, respondeu o presidente a um jornalista que lhe perguntou se cogita impor restrição aos voos brasileiros pelo fato de o País estar em terceiro lugar na lista mundial de maior número de casos de covid-19, perdendo apenas para EUA e Rússia: “Eu não quero pessoas entrando e infectando nosso povo”, acrescentou Trump.

Quando usar máscara de pano

O americano anunciou, sem detalhes, que os EUA estão enviando respiradores ao Brasil: “Eu também não quero as pessoas de lá doentes. Estamos ajudando o Brasil com respiradores… eles precisam de respiradores e estou enviando a eles. Temos tantos milhares de ventiladores, estamos enviando a eles… O Brasil está tendo problema, sem dúvida, sobre isso”, afirmou Trump.

Nessa terça-feira (19), Trump disse que o Brasil está adotando a estratégia do “rebanho”, que consiste em deixar a população se contaminar para que obtenha imunidade.

Em abril, Trump já havia dito que poderia restringir os voos de brasileiros devido ao “grande surto” que o Brasil vivia. Em seguida o governo brasileiro fez movimentos de bastidores para desfazer dentro do governo dos EUA uma possível má impressão sobre a situação da pandemia e evitar o bloqueio de voos. Desde então, o número de voos do Brasil aos EUA subiu de nove para 13, a maioria para a Flórida.

Mosquito da dengue nas áreas externas


Fale com a Redação

8 − dois =