O piloto cascavelense Gustavo Myasava, da equipe MRF Racing/EMS Farmacêutica, considerou positiva a temporada 2018 da Stock Light, encerrada no último domingo, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

Na última prova do ano, ele largou em quinto e conclui a prova em sexto, e explicou que no treino classificatório teve problemas com pneus e na prova com os freios.

Myasava frisa que o problema nos freios não lhe permitiu brigar por um pódio, mas encerra da temporada de forma positiva, figurando no top 10 do campeonato, ao ocupar a nona colocação geral, com 106 pontos.

“Tivemos boas provas e chegamos ao fim da temporada com o carro mostrando evolução. Isto nos projeta boas perspectivas para 2019”, avalia o cascavelense.

A vitória na etapa de encerramento da Stock Light foi de Guilherme Salas, que retornou à categoria, mas quem fez festa foi Rapahel Reis, que com o quinto lugar na prova conquistou o título da temporada.