Produtores de leite usufruem de trator com máquina de silagem

Operando desde abril do ano passado, um trator e uma máquina de silagem atendem aproximadamente 130 produtores de leite em Quatro Pontes, o que está cooperando com o fomento da atividade e, em especial, a permanência do homemno campo.

brde1

Os maquinários são usados na abertura de eitos em lavouras de milho e sorgo, propondo produção de silagem de alta qualidade.

A compra foi feita pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, que oferta subsídio de 80% nas primeiras cinco horas, desde que não haja registro de horas com outras máquinas da secretaria.

O técnico agrícola Giandrei Dudek diz que o serviço é feito por operador especializado e para usufruir é necessário agendar com a antecedência de no mínimo duas semanas, pois há um cronograma de atendimento. “Esse agendamento pode ser feito comigo, no Departamento de Agricultura. Todos os produtores são atendidos e estamos sempre à disposição para sanar dúvidas e/ou resolver eventuais problemas”, esclarece.

Atendimento

Dudek salienta que quando a demanda de atendimento é maior, o operador só realiza a abertura de eitos. “Já chegamos a atender 21 produtores rurais em uma semana, contudo, quando a procura pelo serviço é menor, é possível fazer todo o processo de produção de silagem, inclusive o trabalho é executado após o horário de expediente. O cronograma é seguido conforme o agendamento e o estágio do milho e/ou sorgo, mas procuramos otimizar o atendimento formando grupos de produtores por linhas, o que gera economia de tempo e menor desgaste aos maquinários”, enfatiza.

O produtor Silécio Hoscheid, morador na Linha Sanga Leão, comenta que a máquina de silagem está funcionando bem: “O operador já tem bastante prática e o maquinário está beneficiando muito os produtores. É uma excelente aquisição que o Poder Público fez, pois hoje quase não se encontra mão de obra manual e a agilidade e a qualidade que a máquina proporciona é impressionante”.

Aquisição

Com a efetivação do projeto de compra do trator e da máquina de silagem e a vinda dos equipamentos agrícolas, o Poder Público municipal realizou um processo licitatório propondo a aquisição de um hidráulico frontal independente para engate da máquina de silagem.

Ao todo, R$ 439,9 mil foram aplicados, sendo R$ 234 mil no trator, com a contrapartida da administração municipal, e R$ 136,5 mil na máquina de silagem. Outros R$ 69,4 mil foram investidos no hidráulico frontal independente, instalado pela Rohr Máquinas.

Ainda houve a aquisição de três caçambas basculantes com a aplicação de recursos próprios da secretaria, totalizando R$ 58.950.

Os maquinários ficam à disposição dos produtores rurais que trabalham com a produção de feno e de silagem. Para usá-los, também é necessário fazer o agendamento.


Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação