A ponte sobre o Rio da Várzea, na Rodovia Antônio Lacerda Braga (PR-427), entre a Lapa e Campo do Tenente, Região Metropolitana de Curitiba, está totalmente interditada para reparos até a próxima segunda-feira (30). Usuários do trecho devem seguir rotas alternativas, pela BR-116 ou pela BR-476.

Conhecida como Ponte de Ferro, a obra é uma antiga ponte ferroviária adaptada para o tráfego rodoviário, em pista única, por meio de placas de concreto executadas sobre a estrutura que anteriormente recebia os trilhos de trem.

Na sexta-feira (20) teve início a interdição da ponte para demolição de uma placa danificada, e nesta semana já foram realizadas as partes de ferragens e formas do local atingido, que agora será concretado. A ponte permanece fechada até a semana que vem para garantir o tempo da cura do concreto novo.

Os reparos são feitos por meio de convênio entre o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR), encarregado do projeto, coordenação dos serviços e apoio na execução, e as prefeituras da Lapa e de Campo do Tenente, encarregadas dos materiais e da mão de obra.

REPAROS – A ponte já havia recebido serviços de reforço no concreto danificado em julho, mas estava liberada somente para veículos leves de até três toneladas e ambulâncias do tipo van, com bloqueios físicos impedindo a passagem de veículos pesados que poderiam causar mais danos.

Os novos serviços iniciando agora têm natureza mais duradoura, proporcionando mais segurança ao usuário e permitindo a utilização da ponte por mais categorias de veículos.