A temporada de 2021 do Campeonato Paranaense de Velocidade começa neste fim de semana em Curitiba. Toda a programação será desenvolvida no sábado e no domingo, com promoção e organização da M & L Produções Artísticas Ltda, e supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA). Serão disputadas provas nas categorias Marcas A, Marcas B, Turismo A, Turismo B e Turismo C. Também haverá Track Day.

Seguindo a mesma fórmula dos últimos anos, o Paranaense de Velocidade deste ano será em três etapas. Além da abertura da temporada neste fim de semana, Londrina sediará a segunda etapa nos dias 25 e 26 de setembro; e Cascavel encerra o campeonato com a terceira etapa nos dias 16 e 17 de outubro. Essa etapa será Open da Cascavel de Ouro, que está marcada para o dia 31 de outubro, no Autódromo Zilmar Beux.

Os treinos livres e classificatórios serão amanhã. As provas serão no domingo. Às 9h35, largada da 1ª prova de Marcas; às 10h30, largada da 1ª prova da Turismo B; às 12h, largada da 1ª prova da Turismo A e C; às 13h35, largada da 2ª prova de Marcas; às 15h05, largada da 2ª prova de Turismo B; às 16h10, largada da 2ª prova de Turismo A e C; às 16h50, Track Day; às 17h25, pódio de todas as categorias.

Foto: Victor Lara


Rali dos Sertões

Começa hoje a 29ª edição do maior rali das Américas, o Rali dos Sertões. Neste ano, a competição passará por sete dos nove estados do Nordeste – Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Bahia, Alagoas e Ceará. A largada será na Praia da Pipa, em Tibau do Sul (RN), e a chegada no dia 22, na Praia dos Carneiros, em Tamandaré (PE). Ao todo, serão dez dias de competição em um roteiro de 3.458 km, sendo 2.180km de trechos de especiais.

 

Nelsinho Piquet

Nelsinho Piquet inicia hoje mais um grande desafio na sua carreira, realizando a prova completa do Rali dos Sertões, o maior das Américas, na modalidade UTV. Piquet é conhecido por sua versatilidade no automobilismo e já participou das principais categorias de monopostos do mundo, com pódio na Fórmula 1, é o primeiro e único brasileiro a vencer uma categoria nacional da Nascar, primeiro campeão mundial da Fórmula E, único brasileiro a vencer uma etapa de primeira linha do Rallycross mundial, além de triunfar em Le Mans. Ele será parceiro de Flavio França, representando a Cotton Racing Motorsport via RMattheis, com patrocínio da XP, Can-Am e Motul.

 

Cascavelenses

Cascavel também estará no Rali dos Sertões, que começa hoje no Rio Grande do Norte. César Valandro será o navegador do piloto Pedro Franciosi, de Luiz Eduardo Magalhães (BA); e Robson Schuinka será o navegador de Thomas Lusa, também de Luiz Eduardo Magalhães. Cascavel também terá Elvis Bittencourt na categoria Motos.

 

Eric Granado I

Com três provas para o encerramento do Campeonato Mundial de MotoE, Eric Granado é o único piloto a vencer duas vezes. Além disso, o brasileiro da equipe One Racing Engineering foi o autor das quatro pole positions colocadas em jogo e também de três das quatro melhores voltas. Esse retrospecto faz de Granado um dos principais candidatos ao título de 2021 no momento em que o Mundial se prepara para a disputa da quinta e antepenúltima etapa da temporada, no circuito austríaco de Spielberg, no próximo domingo. A prova será mostrada ao vivo no Brasil pelos canais Fox Sports.

 

Eric Granado II

Granado venceu a etapa anterior, em Assen (Holanda), depois de largar da pole position, reduzindo de 23 para 17 a diferença para o atual líder, o italiano Alessandro Zaccone (equipe Octo Pramac MotoE), que terminou na terceira posição. Segunda vitória do brasileiro, ao lado da etapa de Le Mans, a prova consolidou a arrancada de Eric na tentativa de alcançar os líderes. Alessandro Zaccone lidera com 70 pontos, seguido pelo campeão de 2020, Jordi Torres (63). Granado é o terceiro, com 53 pontos, mesma contagem do suíço Dominique Aegerter (Dynavolt Intact GP) – mas o brasileiro está isolado em terceiro por ter somado vitórias.