Pelo boletim publicado ontem (7) pela Secretaria de Estado da Saúde, o Paraná confirmou 28 novos casos de dengue, totalizando até agora, 478 casos, o novo período sazonal da doença que vai do dia 1º de agosto até fim de julho do próximo ano.  Até agora 88 municípios registraram casos da doença, sendo que 68 municípios confirmaram casos autóctones, ou seja, a dengue foi contraída no município de residência. Há ainda 1.598 casos em investigação e 276 municípios registraram notificações de dengue, que passaram de 9.980 para 10.664. O Estado não registrou nenhum óbito neste período.

“Febre com duração de até 7 dias, dor de cabeça, dor no fundo do olho, dor muscular, dor nas articulações são sintomas de dengue, e a população precisa estar em alerta. Na ocorrência de algum desses sintomas orientamos que busque atendimento médico”, salienta o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

Ivana Belmonte, coordenadora de Vigilância Ambiental, ressalta a importância do engajamento da população no controle do vetor da dengue. “Locais que acumulem água como lixo, pneus, recipientes diversos, dentre outros são propícios para que a fêmea do vetor realize a postura dos ovos. Desta forma é fundamental a eliminação e remoção destes depósitos”

Foto: secom