Vai e volta

Anunciado na terça-feira, um dia depois da demissão do técnico Lorival Santos, Allan Aal iniciou, ou reiniciou, ontem os trabalhos no Cascavel CR, equipe que o treinador recém-chegado havia deixado às vésperas do início do Paranaense para assumir o Nacional-SP na Série A2 do Paulista, o que abriu caminho justamente para a chegada de Lorival na Serpente.

Campanhas

No Nacional-SP, Allan acumulou duas derrotas e dois empates em quatro jogos, com três gols sofridos e nenhum marcado. Ele foi demitido na última sexta-feira e deixou o time com dois pontos, uma posição acima da zona de rebaixamento. Já no Cascavel CR, Lorival acumulou duas vitórias e três derrotas em cinco jogos, com quatro gols marcados e sete sofridos. Ele foi demitido segunda-feira e deixou o time na 8ª posição da classificação geral e em 4º lugar no Grupo B, perto da semifinal.

Dança dos técnicos

Sem Allan Aal disponível no mercado, Lorival Santos é a “bola da vez”. O treinador retornou ao futebol paranaense após 11 anos e deixou boa impressão. Tanto que não será novidade se retornar ao Estadual ainda nesta edição.

Contra o tempo

Com a primeira semana cheia para trabalhar desde o início do Paranaense, as equipes correm contra o tempo para recuperar jogadores desgastados e também em busca de reforços nesta reta final da 1ª Taça. A última rodada será realizada domingo com os seis jogos marcados para iniciar simultaneamente às 17h. Nove times têm chance de avançar à semifinal e disputam três vagas.

Contra o tempo II

A partir da próxima semana, quem não avançar de fase – apenas o FC Cascavel já está garantido na semifinal – terá um mês de “folga” até o início da 2ª Taça. A 1ª rodada da Taça Dirceu Krüger está marcada para os dias 9 e 10 de março e as equipes que quiserem modificar seu elenco terão até o dia 8 de março para realizar atualizações (inscrições e substituições) na relação de atletas inscritos no Paranaense 2019.