Cascavel – A partir de 1º de julho, começa em todo o País mais um ciclo do Programa Brasil Mais, que visa aumentar a produtividade de micro e pequenas empresas pela promoção de melhorias rápidas, com baixo custo e de alto impacto. Totalmente gratuito, o programa é uma iniciativa do governo federal em parceria com Sebrae, Senai e ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial) e oferece a possibilidade uma jornada de inovação, produtividade e competitividade durante quatro meses, com acompanhamento de ALI (Agentes Locais de Inovação).

Nesse percurso, o participante é conduzido para inovar, sempre buscando maior faturamento ou redução de custos a partir da aplicação de ferramentas de autoavaliação e conteúdos específicos com workshops e capacitações. Para a região oeste, são ofertadas 125 vagas.

“O trabalho dos Agentes Locais de Inovação tem resultados impactantes nas empresas. O Brasil Mais é uma oportunidade essencial para quem quer crescer e fortalecer o seu negócio diante de tempos tão incertos. Afinal, quem está mais preparado, consegue se planejar e aproveitar as oportunidades do mercado”, pontua o consultor do Sebrae/PR Alan Debus.

Para participar, é preciso ser dono de micro ou pequena empresa dos seguintes setores: comércio, serviço ou indústria. Empresários que participaram do primeiro ciclo de 2021 não podem participar novamente.

As inscrições podem ser feitas pelo www.sebrae.com.br/brasilmais. Basta clicar link de inscrição da página e inserir os dados pessoais e responder ao diagnóstico. A equipe do Sebrae entrará em contato para informar sobre as vagas e marcar o primeiro encontro com o Agente Locais de Inovação. As vagas são limitadas, portanto, é imprescindível que os interessados efetuem seus cadastros rapidamente.

Entre 2020 e início de 2021, mais de 12 mil empresas foram atendidas pelo Brasil Mais – cerca de 100 são do oeste do Paraná.