Obras da Unidade Especial de Terapia de Doenças Infecciosas (UETDI) seguem em ritmo acelerado

Nesse domingo (03), o Prefeito de Foz Chico Brasileiro e o diretor do Hospital Municipal Sergio Fabriz acompanharam o andamento dos trabalhos

As obras de construção da nova Unidade Especial de Terapia de Doenças Infecciosas (UETDI), do Hospital Municipal Padre Germano Lauck, em Foz do Iguaçu, seguem em ritmo acelerado, inclusive, aos finais de semana. Nesse domingo (03), o Prefeito Chico Brasileiro e o diretor do Hospital Municipal Sergio Fabriz acompanharam o andamento dos trabalhos.
A nova ala terá 12 modernos leitos de isolamento, podendo ser usados também como leitos de UTI para pacientes com covid-19, caso seja necessário.

Quando usar máscara de pano

“Há 16 dias iniciava a construção deste setor que servirá de retaguarda hospitalar para os pacientes da covid-19 e de outras doenças infecciosas. Esta é uma estrutura permanente e que estará em pleno funcionamento em poucos dias. Esta ala representa um grande avanço na reestruturação do Hospital Municipal, pois trará mais segurança e qualidade no tratamento de pacientes com síndrome respiratória aguda, além disso, se soma as demais ações de enfrentamento à doença”, comentou o prefeito Chico Brasileiro.

Com 12 leitos de isolamentos tipo Unidade de Terapia Intensiva (UTI), a UETDI terá equipamentos modernos e contará com uma ampla equipe técnica para continuar ofertando um atendimento de excelência aos pacientes. Com recursos próprios da Prefeitura de Foz do Iguaçu, o investimento no novo setor é de cerca de R$ 1 milhão.

O diretor do Hospital Municipal Padre Germano Lauck, Sergio Fabriz, destacou as ações de reestruturação da unidade hospitalar que é referência no extremo oeste do Estado: “Graças ao apoio incondicional do prefeito Chico Brasileiro e do poder legislativo, estamos conseguindo fazer a reestruturação do hospital. Nos últimos meses conseguimos adquirir novos equipamentos, aperfeiçoar protocolos administrativos e clínicos, e agora, com a construção deste novo setor, estamos triplicando o número de vagas nos leitos de isolamento das UTI’s, disse.

Estrutura
A unidade contará com antessalas de pressão negativa, sistema de circulação que impede as impurezas na entrada e elimina a chance de contaminação na saída; além de posto de enfermagem, farmácia satélite, copa, vestiário, banheiros em cada leito entre outros.

Mosquito da dengue nas áreas externas


Fale com a Redação

um × 2 =