Cascavel – A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) Paraná, realiza hoje (25) as eleições em todo o Estado, para a escolha da nova diretoria da Seccional e das diretorias das 49 Subseções. O mandato é de três anos. Este ano, pela primeira vez, a votação será online e terá início às 8h, seguindo até às 18h.

Além do apelo à alternância de poder, que será explorada pelos oposicionistas, entre os principais temas das eleições deste ano estão as anuidades cobradas pela OAB, a defesa das prerrogativas dos profissionais, o incentivo aos iniciantes, os desafios da profissão com as novas tecnologias e a pandemia, a qualidade dos cursos de Direitos, o posicionamento público da entidade na defesa da democracia e a participação em debates sobre alterações legislativas.

 

Cascavel

Em Cascavel, a eleição para presidente da OAB pela primeira vez na história reunirá quatro chapas. O pleito será disputado entre os candidatos: Rui Fonseca, da “XI de Agosto”; Alex Gallio, chapa “OAB para todos”; Marroquis Borgo Freire, da “Renova OAB”; e Ismael Kalil com a chapa “OAB de Respeito”.

Durante o pleito eleitoral, o jornal O Paraná realizou uma série de entrevistas com todos os candidatos à presidência da OAB Cascavel. Rui da Fonseca, candidato pela chapa XI de Agosto, garantiu que a experiência administrativa adquirida durante todos esses anos de advocacia seria um ponto fundamental para a realização de uma boa gestão frente a entidade. “A XI de Agosto escolhe bem os seus candidatos, porque ela confia na experiência administrativa, na experiência de gestão que se adquire. É como você começar em um cargo menor e cada vez você vai assumindo mais responsabilidades. Assim aconteceu comigo”.

Já o candidato da situação Alex Gallio, da chapa OAB para Todos, acredita que poderá dar sequência e melhorar ainda mais o trabalho da atual gestão. “Nós temos projetos, temos ideias, a visão do que uma OAB forte e valorizada pode ser”.

O advogado Marroquis Freire, da Renova OAB, afirma que sua gestão terá competência para resgatar o orgulho da advocacia. “Nós faremos história porque nós trabalhamos em equipes e acreditamos no trabalho coletivo”.

Enquanto isso, Ismael Kalil, da chapa OAB de Respeito, defende uma gestão com mão de ferro e sem desrespeito as prerrogativas dos advogados.

“É preciso uma atuação firme e forte da OAB. A OAB tem que atuar com mão de ferro, com mão firme. Na nossa gestão não vai ter nota de repúdio e nem desagravo, é cumprimento da lei de abuso de autoridade”.

 

Foz do Iguaçu

Em Foz do Iguaçu duas chapas disputam a diretoria da Subseção. A tradicional XI de Agosto, com o advogado Marcelo Rodrigues de Almeida e a chapa Algo Novo, com o candidato Vitor Hugo Nachtygal.

 

Toledo

Já em Toledo a candidatura é única. A atual presidente da OAB Toledo, a advogada Anemere Marcondes, da chapa XI de Agosto não teve concorrentes para o pleito e deverá ser eleita por aclamação.

 

OAB Paraná

Três chapas disputam a sucessão do atual presente Cassio Telles no comando da Seccional da OAB no Paraná. De um lado, Marilena Winter, a primeira mulher a concorrer à presidência da seccional, tenta manter a hegemonia da chapa 11 de Agosto, que vence a disputa desde a década de 1970. Na oposição, dois candidatos tentam quebrar a escrita. Marcelo Trindade, da chapa Algo Novo, apoiou a candidatura de oposição na eleição de 2018, e Romulo Quenehen, da chapa Artigo 5°.

 

Arquivo/O Paraná