COTIDIANO

O amarelo é de alerta

10 de maio de 2022 às 13:04
Yellow light of traffic lights in summer city
Publicidade

 

Cerca de um a cada cinco acidentes de trabalho registrados por ano no Brasil – são 500 mil no total – ocorre no trajeto casa-trabalho-casa. Ou seja, mais de 100 mil acidentes por ano, abrangendo as diversas modalidades de transporte. Nesses índices, há um número elevado de vítimas fatais, de afastamentos por lesões e de aposentadoria por invalidez, que afetam diretamente o desenvolvimento humano e social do país, além do funcionamento do setor produtivo.

Foi por isso que o Sesi Paraná, em parceria com o Centro Internacional de Formação de Autoridades e Líderes (CIFAL Curitiba) e o Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV), realizou o estudo “A Caminho do Trabalho: uma pesquisa sobre acidentes de trajeto no setor industrial do Paraná”. O objetivo é mapear informações para instrução de diretrizes e políticas de redução dos acidentes de trajeto.

Por meio dos resultados, foi possível apontar caminhos para diminuir os índices. Confira cinco deles:

  • Realização de campanhas de sensibilização, principalmente com foco em colaboradores mais jovens, do sexo masculino e com menos tempo de empresa.
  • Suporte e orientação para micro e pequenas empresas no desenvolvimento de ações de sensibilização.
  • Incentivo à oferta de sistema de transporte coletivo.
  • Incentivo ao uso do transporte público.
  • Realização de iniciativas de orientação às empresas para o registro de informações sobre acidentes.

Para conhecer a pesquisa na íntegra, acesse sesipr.com.br/segurancaviaria.

 

Foto: AdobeStock

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE