O número de idosos acima de 60 anos residentes em Cascavel internados em UTI ( Unidade de Terapia Intensiva) Covid-19 caiu consideravelmente após o início da campanha de vacinação contra o coronavírus.
Os números mostram que a proporção de idosos em Unidade de Tratamento Intensivo reduziu de 72% em fevereiro, para 17% em junho. A queda supera a redução registrada no Paraná que, no mesmo período, caiu de 56% para 24%.

De acordo com o coordenador do Comitê de Crise para Supervisão e Monitoramento dos Impactos da Pandemia da Covid-19, Thiago Stefanello, a queda significativa da proporção de idosos em UTI Covid-19 é resultado da diminuição do agravamento da doença, que pode ser justificado principalmente pelo avanço da vacinação.
“Uma queda muito grande, significativa, que mostra que a vacina funciona. Nós temos vacinas eficientes, temos números que mostram que os internamentos, o agravamento da doença diminui consideravelmente naquela população já vacinada e, por isso, nós precisamos agilizar”. enfatiza Stefanello.
Estar vacinado, explica Stefanello, não significa que a pessoa não contrairá ou não transmitirá o vírus, mas ao ser acometido pela doença terá sintomas mais leves. “A pessoa não necessitará de leitos de UTI e nós vamos, assim, retornando, gradativamente, à normalidade”, diz.
Stefanello destaca, ainda, a importância de todos procuraram uma unidade de saúde quando chegar a sua vez de tomar a vacina e não esquecer da segunda dose.
“Nesse ritmo vamos chegar ao fim de agosto, ou início de setembro, com toda a população adulta vacinada e vamos chegar em outubro, se Deus quiser, com tudo muito perto da normalidade que todos esperam”, enfatiza.
Veja o vídeo em que Thiago Stefanello fala sobre a queda de internamentos de idosos em UTI covid-19: