Um dos pontos de maior visitação de Cascavel, depois do Lago Municipal, sem dúvida, é o Zoológico Municipal. A grande variedade de espécies e a ambiente “nativo”, além do parque infantil e as trilhas para caminhada, são atrativos que e encantam todas as idades. Depois de um tempo fechado por conta da pandemia, o Zoo de Cascavel reabriu os portões trazendo muitas novidades e melhorias também.

O zoológico passou por várias reformas neste período. Não apenas os animais ganharam um espaço melhor, como a população ganhou uma área de lazer muito mais agradável, moderna e atrativa. Os investimentos que renovaram o zoológico começaram ainda em 2020 e passaram de R$ 300 mil. Só em 2021, ficaram prontas as obras de recintos dos jacarés, antas, macaco aranha, jaguatiricas, cachorro do mato e dos cervídeos. Também foram finalizadas as obras do biotério, do setor de nutrição e da cozinha.

 

Plataforma online

Mas, uma das principais novidades no Zoológico de Cascavel é a plataforma de agendamento online de visitas. A entrada no parque continua gratuita, porém, o controle de pessoas que visitam o espaço atende exigências estabelecidas pelas normativas da Azab (Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil) e do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), órgão ambiental do Governo Federal, além da Instrução Normativa 7 de 30 de abril de 2015 do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

A plataforma já está funcionando no zoo desde o final de outubro e na semana passada, de terça a domingo (2 a 7), 6.714 cidadãos visitaram o Zoológico utilizando o ingresso virtual. De acordo com a gerência da Divisão de Vida Silvestre e Bem Estar Animal da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, o veterinário Rodrigo Neca Ribeiro, todas as expectativas do novo modelo já foram superadas.

“A plataforma foi implantada para garantir a segurança dos animais e dos visitantes. Então, a nova plataforma não tem relação com a pandemia o objetivo é permanecer sempre. É realmente para trazer segurança, ter controle de quem entra e quem sai do zoo, além, das câmeras de monitoramento instaladas pelo local”, completou o veterinário.

Além de fazer o cadastro na plataforma e fazer o agendamento, para todo visitante é obrigatório o uso de máscaras em todo o passeio. Também é proibida a entrada de alimentos e de animais domésticos. A visitação acontece de terça a domingo, das 10h às 17h. Toda segunda-feira o Zoológico fica fechado ao público para os trabalhos de manutenção. (Colaboração – Jessica Milena)

 

Zoo foi criado em 1978

O Parque Municipal Danilo Galafassi foi criado em 23 de julho de 1976 com uma área de 17,91 hectares, local onde foi instalado o Zoológico, inaugurado em 12 de dezembro de 1978. Atualmente, o zoológico conta com mais de 350 animais de 70 espécies. Ao todo, são 70 recintos para visitação e mais 40 no setor extra para onde são levados os animais doentes ou em idade avançada, que não é aberto à visitação.

Em 1992 foi criado o Museu de História Natural, que conta com acervo de aproximadamente 550 peças, entre elas animais taxidermizados, rochas, fósseis, peles e esqueletos de animais.

Ambulatório de qualidade

Os animais do zoo de Cascavel recebem tratamento no próprio local que conta com ambulatório totalmente equipado. À disposição dos “pacientes”, há aparelho de anestesia inalatória com vaporizador. Os veterinários também contam com um ventilador mecânico para suporte ventilatório de forma artificial, quatro bombas de infusão de seringa, para infusão de soluções analgésicas, anestésicas e vasopressores e mais duas bombas de infusão de equipo, para fluidos e alimentação parenteral quando os animais precisarem de atendimento complexo com unidade de terapia intensiva.

Quando necessário, os animais têm à disposição um monitor multiparamétrico com aferição de parâmetros vitais como a pressão arterial por método invasivo, não invasivo, capnografia, saturação de oxigênio e temperatura. “É o monitor multiparamétrico mais completo que temos para nos fornecer informações sobre as funções vitais dos animais. Conseguimos atender todos os animais do zoo, pois os equipamentos são portáteis o que facilita o atendimento a grandes mamíferos, como as antas. Em média, fazemos 30 procedimentos/mês dentro dom zoo. Com este ambulatório nos tornamos independentes. Conseguimos realizar todos os check-ups dentro do Zoo, sem ter que retirar os animais. Isso é bom, prático e seguro. Ganhamos tempo e eficiência com isso”, explicou o  veterinário Rodrigo Neca Ribeiro.

CONVITE ZOO