A Concessionária Ecocataratas programou para o dia 21 de setembro, a partir das 7h, um Café na Passarela, marcando a liberação da passagem de pedestres e ciclistas pela nova passarela do Trevo Cataratas, no km 584 da BR-277. A atividade faz parte da programação da Semana Nacional do Trânsito. Assim que o Trevo Cataratas entrar em plena operacionalização, a travessia pela nova estrutura beneficiará cerca de mil pessoas entre trabalhadores e estudantes.

A estrutura fica próxima do acesso ao bairro Presidente. São 43 metros de vão livre e 3,60 metros do chão até a base suspensa. É sustentada por 38 estacas, cada uma com 19 metros de profundidade. Blocos de concreto servem de base nos pilares para suportar o peso da estrutura e a viga central de concreto, totalizando 55 toneladas. É a única no trecho de 387,1 quilômetros da BR-277 entre Guarapuava e Foz do Iguaçu, com estas características.

A nova passarela tem escada e rampa, contemplando as normas de acessibilidade e beneficiando pessoas com deficiência visual e com mobilidade restrita em cadeira de roda. O piso tátil também está presente para orientar e proporcionar segurança às pessoas com deficiência durante a travessia sobre a rodovia. Na escada, há corrimões e anteparo. “Trata-se de uma passarela moderna e concebida para garantir ainda mais segurança e fluidez aos usuários que precisam atravessar a rodovia, ressaltando que o tempo da travessia pela passarela é bem menor que o tempo de espera para cruzar a via”, comenta o diretor superintendente da Ecocataratas, Silvio Caldas.

Próximo à passarela, residem em torno de 21 mil pessoas. Isso equivale ao dobro do número de habitantes de Santa Tereza do Oeste, município distante 14 quilômetros de Cascavel e também margeado pela BR-277. A estimativa de moradores daquela região é do presidente da Associação de Moradores do bairro Presidente, Nésio Martins. Ele elogiou o projeto de engenharia do desvio de tráfego, intervenção necessária para a realização das obras na área central do Trevo. “No tempo dos semáforos, demorava até 25 minutos para passar pelo local (trevo). Agora, com o desvio, consigo finalizar o percurso em 10 minutos. Está muito melhor”, comparou.

O Café na Passarela do dia 21 de setembro e terá a participação da Ecocataratas, DER/PR, Transitar e PRF. Na oportunidade, os usuários serão orientados a utilizar a nova estrutura para uma travessia ainda mais segura e receberão um kit café. De 2015 até agosto deste ano, 4.335 pessoas foram impactadas com as ações do Café na Passarela.