Em meio à proliferação da variante ômicron do novo coronavírus, o mundo registrou um novo recorde de novos casos de Covid-19 em 24 horas, com 2,59 milhões de infectados. Mas, com o avanço da vacinação, as mortes seguem em trajetória de queda.

O país com mais casos registrados foi novamente os Estados Unidos, mas os 869 mil novos casos de terça-feira (4) ficaram abaixo do recorde de 1,08 milhão de infectados de segunda-feira (3). A ômicron já é responsável por 95,4% das novas infecções no país.

O segundo com mais casos foi a França, que registrou mais de 271 mil novos infectados. Antes da atual onda de Covid-19, o país nunca tinha tido mais de 118 mil infectados em um único dia.

Quarto país com mais casos confirmados, a Itália também registrou um novo recorde de infectados: 170 mil. Antes da atual onda, o país nunca tinha tido mais de 40 mil infectados em um único dia.

Franceses aguardam para serem testados contra Covid-19 em Paris em 23 de dezembro de 2021. O ministro da Saúde da França, Oliver Veran, disse em 4 de janeiro de 2022 que quase 300 mil novos casos foram registrados no país nas últimas 24 horas. — Foto: Stephane de Sakutin/AFP

Os 10 países com mais casos confirmados de Covid-19 na terça (4) foram:

  1. Estados Unidos869 mil
  2. França271 mil
  3. Reino Unido: 221 mil
  4. Itália170 mil
  5. Espanha: 117 mil
  6. Canadá: 83 mil
  7. Argentina: 81 mil
  8. Austrália: 71 mil
  9. Alemanha: 61 mil
  10. Índia: 58 mil

Os dados são de terça-feira (4) e foram compilados e divulgados nesta quarta-feira (5) pelo “Our World in Data”, projeto ligado à Universidade Oxford.

Mortes em queda

Apesar da explosão no número de infectados devido à variante ômicron, que é altamente contagiosa, o número de mortes no mundo segue em trajetória de queda.

 

Profissional de saúde com equipamento de proteção contra Covid-19 em hospital de Marselha, no sul da França, em 24 de dezembro em 2021 — Foto: Daniel Cole/AP

Com o avanço da vacinação contra a Covid-19, a média móvel de mortes está em cerca de 6 mil por dia pela primeira vez desde outubro de 2020.

A média de óbitos nos últimos 7 dias (6.090) está inclusive abaixo da primeira onda da pandemia, em abril de 2020 — quando chegou a um pico de 7,1 mil.

O recorde de mortes em 1 dia no mundo segue sendo de 20 de janeiro de 2021 (18.062), dia que marca também o recorde nos EUA (4.442). Atualmente, a média do país está em 1,2 mil óbitos por dia.

Os 10 países com mais mortes por Covid-19 na terça (4) foram:

  1. Estados Unidos2.383
  2. Rússia: 809
  3. Índia: 533
  4. Polônia: 432
  5. França350
  6. Alemanha: 343
  7. Itália258
  8. Vietnã: 221
  9. Brasil: 180
  10. Ucrânia: 158

(G1 Notícias)