Ministério da Saúde valida teste rápido e Foz contabiliza dez novos casos de covid-19

Os casos foram notificados ainda em abril; Todas as pessoas já estão recuperadas

O Ministério da Saúde validou esta semana mais dois tipos de testes rápidos realizados em laboratórios particulares e farmácias do Brasil. Diante disso, Foz do Iguaçu contabilizou dez resultados positivos para covid-19. Os casos são do mês de abril e todas as pessoas estão recuperadas.

Quando usar máscara de pano

De acordo com a Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu, existem mais de vinte testes aprovados, mas para serem validados pelo Ministério da Saúde, os mesmos devem passar por análise do Instituto Nacional de Controle de qualidade (INCQS) da Fiocruz.

“A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a realização dos “testes rápidos” para detectar anticorpos do novo coronavírus (Sars-CoV-2) em laboratórios privados e farmácias. Essa é mais uma forma de viabilizar produtos que possam ser utilizados no enfrentamento da pandemia de Covid-19”, explica o gerente da Vigilância epidemiológica em Foz, Roberto Doldan.
O resultado do teste positivo (IGM ou IGG) indica a presença de anticorpos contra o Sars-CoV-2 demonstrando que a pessoa já teve contato com o vírus e desenvolveu anticorpos em número detectável. “Qualquer pessoa – inclusive assintomáticas – tem acesso a estes testes. Atualmente recebemos notificação de quatro laboratórios particulares”, afirma Doldan.

Toda vez que um destes testes é realizado, é obrigatória a notificação à Vigilância Epidemiológica. Em posse desta notificação, as informações de casos positivos ou negativos são lançadas no Sistema Nacional de Notificação da Covid-19, mas passam a ser contabilizados somente após a validação pelo Ministério da Saúde. Com estes 10 exames positivos, Foz passa a contabilizar 96 casos de coronavírus.

Mosquito da dengue nas áreas externas


Fale com a Redação

4 × três =