A última etapa do Circuito Mundial de Surfe começa neste sábado em Pipeline (Havaí) – a janela do evento vai até 20 de dezembro – com o brasileiro Gabriel Medina (foto) como grande favorito ao bicampeonato. Líder do ranking, ele até teve a chance de conquistar o título antecipado na etapa de Portugal, mas caiu na semifinal e precisou esperar quase dois meses até a decisão no Havaí. O surfista de Maresias soma 56.190 pontos, contra 51.450 pontos tanto do australiano Julian Wilson quanto do também brasileiro Filipe Toledo, os únicos que podem detê-lo, e só precisa chegar à final para conquistar seu segundo título. Em 2014, ele se tornou o primeiro brasileiro a alcançar tal feito.