Mais de 24 mil idosos já foram vacinados em Foz do Iguaçu

Campanha já alcançou 119% da meta de vacinação

As equipes da Secretaria da Saúde de Foz do Iguaçu continuam nas ruas para vacinar os idosos em suas residências. Entre esta quarta-feira (29) e quinta-feira (30), a Prefeitura pretende imunizar os 5 mil idosos que agendaram a vacinação via central telefônica e de forma online. Até agora foram imunizados 24.262 idosos no município, o que corresponde a 119% da meta estipulada pelo Ministério da Saúde. Somados os números, o município chegará a quase 30 mil pessoas deste grupo de risco.

Quando usar máscara de pano

“Vamos vacinar todos os idosos que se cadastraram, tanto por telefone quanto de forma online e também os que ligaram nas unidades. Já batemos recorde histórico de vacinação de idosos e pedimos tranqüilidade, pois dependemos da entrega de novas doses via Ministério da Saúde”, explicou o Diretor de Atenção Básica, Ricardo Lacerda.A Secretaria Municipal de Saúde também informa que o sistema online de agendamento está temporariamente suspenso e deve ser reativado com o recebimento de novas remessas de vacina.

“Tínhamos uma meta de vacinar 20 mil idosos e chegaremos a 30 mil. A campanha também refletiu a defasagem dos dados populacionais da cidade e vamos buscar soluções para garantir a vacinação dos idosos que ainda não receberam”, adiantou Lacerda. Foz foi a primeira cidade do Paraná a vacinar os idosos de casa em casa, medida adotada pelo governo como forma de prevenção ao coronavírus.

Doentes crônicos
A campanha de vacinação está na segunda fase e inclui doentes crônicos, forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade. A vacinação das pessoas portadoras de comorbidades será feita nas unidades básicas de saúde. A Secretaria reforça aos usuários para não irem até as unidades sem o agendamento. “As unidades entrarão em contato com base nos dados dos usuários que se cadastraram no sistema. Para os que não se cadastraram, a orientação é para que liguem nas unidades de saúde. É importante que o morador não vá até a unidade sem o agendamento”, reforçou Lacerda.

No dia 9 está previsto o ‘Dia D’ de vacinação e na sequência tem início a terceira fase, que priorizará crianças de 6 meses a menores de 6 anos, pessoas com 55 a 59 anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas com deficiência, povos indígenas, e professores.

Os telefones das 29 Unidades de saúde estão disponíveis no site www.amn.foz.br na aba “Contatos – UBS”.
Mosquito da dengue nas áreas externas


Fale com a Redação

17 + catorze =