POLÍTICA

Itaipu apresentará novos convênios com municípios nos próximos meses

21 de agosto de 2021 às 08:15
Publicidade

Cascavel – Com o objetivo de estreitar laços com os municípios da região oeste do Paraná, o diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, o general João Francisco Ferreira, realizou na manhã dessa sexta-feira (20) a primeira visita à Amop (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná), em Cascavel, onde participou da 8ª Assembleia Geral da entidade e garantiu que os convênios com os municípios serão renovados.

Dos 54 municípios da Amop, 53 mantêm convênios e parcerias com a usina em diversas ações de gestão ambiental. “É uma questão de gestão. A reestruturação permitiu aporte de recursos em grandes e pequenas obras e iniciativas de grande impacto. E isso influencia positivamente localmente, mas também para todo o Brasil”, afirmou o general.

De acordo com o diretor de coordenação da Itaipu, general Luiz Felipe Carbonell, o objetivo dos convênios é assegurar a segurança hídrica e a manutenção do principal insumo da hidrelétrica. Por conta disso, todos os convênios da usina são feitos por gestão de bacias. Assim, dando seguimento à gestão do general Joaquim Silva e Luna, que comandou a usina até abril deste ano, a orientação é manter os convênios atuais. “São convênios muito importantes porque eles estão direcionados para atender a atividade fim da empresa, que é a geração de energia. Esses convênios estão destinados à gestão territorial e ao trabalho da sustentabilidade com o meio ambiente para que nós possamos ter dentro do nosso lago a melhor qualidade de água para produção de energia e a menor quantidade de resíduos ou assoreamento que também prejudicam”, explica.

De acordo com Carbonell, a Itaipu vai ampliar os convênios voltados para o saneamento na região nos próximos meses. “Agora, com a recomposição orçamentária de Itaipu, depois de um investimento extremamente alto na parte da saúde, vamos começar neste segundo semestre a planejar quais serão os convênios que poderemos desenvolver já no planejamento dos próximos quatro anos”.

O presidente da Amop e prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos, destacou que a relação da Itaipu com a Amop é mais que uma relação financeira e administrativa: “É uma parceria que também reconhece o quão significante tem sido essa construção. Orgulhamo-nos desse estreitamento institucional que tanto traz benefícios para a nossa região”, afirmou.

 

Ações

Entre as obras estruturantes que a Itaipu participa por meio de convênio, a maior é a Ponte da Integração, entre o Brasil e Paraguai, com quase 65% de construção executada. Segundo Ferreira, essa obra vai resolver um gargalo do transporte e dar maior vazão ao escoamento das riquezas que atravessam fronteira.

Em Cascavel, as obras de duplicação de um trecho de 5,81km da BR-277 (mais de R$ 85 milhões) e a duplicação integral do Contorno Oeste, conectando as rodovias BR-277 e BR-163, com 14,28km de extensão, e a construção de um acesso à Avenida Brasil, com 4,7km (R$ 101,5 milhões) estão sendo realizadas em parceria com o convênio da Itaipu.

No total, são aproximadamente R$ 2,5 bilhões investidos pela Itaipu, que representam um novo marco desenvolvimentista para o oeste do Paraná.

 

 

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE