Integrantes do movimento Ocupa MinC iniciam uma nova ocupação no Canecão

INFOCHPDPICT000060231649RIO ? Uma semana após agentes da Polícia Federal executarem a reintegração de posse do Palácio Gustavo Capanema e retirarem o movimento Ocupa MinC do prédio, os integrantes do grupo se mantiveram organizados e, na madrugada desta segunda-feira, se estabeleceram em outro emblemático espaço da cidade, o Canecão, a desativada casa de shows localizada em Botafogo, na Zona Sul do Rio.

brde1

De acordo com uma postagem do Ocupa MinC, em sua página no Facebook, a ocupação no Canecão é um ?novo polo de resistência contra o golpe?, e irá permanecer no imóvel, um patrimônio vinculado à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), por tempo indeterminado.

Um dos principais movimentos de resistência contra o governo interino de Michel Temer, o Ocupa MinC pede a saída de Temer da Presidência, e a recondução de Dilma Rousseff ao cargo. Na primeira manhã de ocupação, os intregrantes do Ocupa MinC realizaram um grande mutirão de limpeza no espaço, que está fechado e inativo desde outubro de 2010. No começo da noite desta segunda-feira, os participantes do Ocupa MinC realizarão um encontro com representantes da reitoria da UFRJ. De acordo com a apuração do GLOBO, o objetivo da ocupação é reativar o espaço com uma série de atividades culturais, artísticas e pedagógicas, aos moldes do que ocorreu ao longo dos 73 dias em que o Ocupa MinC se manteve no Palácio Capanema.

Inaugurado pelo empresário Mario Priolli em 1967, o Canecão foi uma das mais importantes casas de espetáculos do Rio, e foi reintegrado à UFRJ após uma longa batalha judicial. Após assumir o imóvel, a universidade tinha planos de transformá-lo num espaço de promoção de cultura, educação, ensino e ciência, mas por falta de recursos o projeto não foi à frente e o Canecão seguiu fechado.


Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação