O Instituto Décio Mertz realizou em 2018 os tradicionais Jocovel (Jogos dos Contabilistas de Cascavel e Região) e Jocopar (Jogos dos Contabilistas do Paraná). As duas competições reúnem profissionais de Cascavel, região e de todo o Estado para promover e incentivar a prática esportiva, além de oportunizar uma grande integração entre contadores.

O Jocovel está em sua quarta edição e contou, no último ano, com mais de 200 atletas que participaram de sete modalidades. O evento, realizado pelo Instituto Décio Mertz em parceria com o Sincovel, em Cascavel, vem crescendo a cada edição e proporciona aos contadores um dia de confraternização, além de estimular a prática do esporte como um estilo de vida. “Os participantes perceberam os benefícios da prática esportiva e acabam realizando suas atividades durante todo o ano em preparação para o Jocovel", comemora o presidente do Instituto Décio Mertz, Marcelo Mertz.
Para o presidente do Sincovel, Juarez Paim, o Jocovel já está consolidado: "O Jocovel começou tímido, mas já se destaca no Estado", afirma. "A cada edição sobram elogios e crescem os participantes e as modalidades, aumentando, também, nossa responsabilidade e a do Instituto Décio Mertz com a promoção e a manutenção do evento", aponta Paim.

No litoral

Já o Jocopar é uma competição esportiva estadual para contadores, promovida desde 1993. A edição deste ano, no litoral paranaense, já está sendo planejada pelo Instituto Décio Mertz em parceira com a Fecopar (Federação dos Contabilistas do Paraná) e com apoio do Sincolpar (Sindicato dos Contabilistas do Litoral Paranaense), anfitrião do evento deste ano.

O Jocopar, considerado o maior evento de categoria de classe do Paraná, reuniu em 2018 mais de 600 profissionais de todo o Estado e tem como maior objetivo promover a integração entre os contabilistas e a união dos sindicatos e oportunizar um momento de descontração para os profissionais contadores. "Os contadores aproveitam os jogos para sair da rotina estressante e nos três dias de evento podem realizar uma atividade prazerosa, trocar experiências e confraternizar", relata o presidente da Fecopar, Divonzir Chiminacio.

Entretanto, a escassez de recursos tem dificultado a realização dos jogos: "Temos enfrentado dificuldades nos últimos anos, pois nossos principais patrocinadores, as empresas de software, têm diminuído os investimentos nesse formato de divulgação", informa Divanzir. 

O Instituto Décio Mertz e a Fecopar não têm medido esforços para manter o evento, buscando recursos por meio da Lei de Incentivo ao Esporte. "Estamos há três anos buscando recursos por meio do protocolo de projetos no Ministério do Esporte e acreditamos que para este ano poderemos contar com esse apoio", revela o secretário executivo do Instituto Décio Mertz e diretor de esportes do Sincovel, Ronaldo Cesar da Silva. 

"Temos realizado eventos grandiosos, muito bem avaliados e com uma grande adesão dos atletas contadores. Diante disso, nossa responsabilidade aumenta a cada edição. Por isso garantir recursos é uma grande preocupação", acrescenta Mertz.
O planejamento para o Jocopar 2019 está concluído e as ações já estão sendo colocadas em prática. “Com a orientação do Instituto Décio Mertz e da Fecopar, já estamos dando andamento às ações necessárias para a realização dos jogos. Estamos preparados para realizar um excelente evento, proporcionando uma estrutura adequada e oferecendo o suporte necessário aos participantes", explica o presidente do Sincolpar (Sindicato dos Contabilistas do Litoral Paranaense), Danilo Alves Grani.