Nova Ferroeste

O governador Ratinho Junior estará nesta quarta no Mato Grosso do Sul, onde assinará, com o governador Reinaldo Azambuja, o Acordo de Cooperação Técnica entre o Paraná e o MS, o que pode acelerar a nova Ferroeste, do litoral paranaense até Maracaju (MS), passando por Cascavel. “Nossa meta é que todo o escoamento do Brasil passe pelo Porto de Paranaguá, tornando o Paraná o tronco logístico da América Latina”, adianta Ratinho.

De volta aos cofres

A AGU (Advocacia-Geral da União) recuperou R$ 3,29 bilhões para os cofres públicos no primeiro semestre de 2020. O valor, que engloba apenas atuações da Procuradoria-Geral da União e da Procuradoria-Geral Federal, é 32,83% maior que o obtido no mesmo período do ano passado, quando foram arrecadados R$ 2,48 bilhões. A quantia foi recuperada por meio de cobranças judiciais e acordos.

Santa Helena

O Sebrae iniciou ontem pesquisa empresarial em Santa Helena para traçar um diagnóstico do comércio e da indústria do Município. Serão levantadas informações sobre os efeitos da pandemia do novo coronavírus para entender quais os segmentos mais afetados e que mais precisam de apoio. Além do banco de dados inédito em Santa Helena, o resultado vai ajudar na elaboração de políticas públicas que minimizem os efeitos da pandemia no setor produtivo.

Sanga Funda

A Prefeitura de Cascavel efetivou a devolução de mais R$ 42,5 mil à União referente à obra não executada da UPA Sanga Funda. Em 2011, Cascavel foi contemplado com recursos federais para a construção da unidade, mas em 2015, como nadinha tinha sido feito, o Município foi condenado a devolver o dinheiro, mas não repassou o montante corre, restando o saldo.

Nova unidade

A UPA não virou realidade, mas a região norte, especialmente do Bairro Floresta e do Conjunto Sanga Funda, vai receber em breve o Complexo de Saúde Hostílio Lustosa, que vai quadruplicar os atendimentos naquela região. Serão investidos R$ 3 milhões, dos quais cerca de R$ 2 milhões em recursos próprios do Município.

Lava Jato

Em ofício encaminhado à Procuradoria-geral da República, o Podemos pede que seja prorrogado o período de atuação da força-tarefa da Lava Jato no Paraná. O documento é assinado pelos líderes do partido na Câmara e no Senado, Léo Moraes (RO) e Alvaro Dias (PR), respectivamente. “A Lava Jato precisa continuar seu trabalho sem limitações ou perseguições. A limpeza ainda não acabou”, diz a nota.

Prorrogado

A Prefeitura de Foz do Iguaçu prorrogou o vencimento de impostos municipais – IPTU, ISSQN, entre outros. São duas prorrogações distintas, dependendo do mês de vencimento do tributo: aqueles que vencem nos meses de março, abril, maio e junho poderão ser quitados até 20 de novembro, e os impostos com vencimentos nos meses de julho, agosto, setembro e outubro ficam prorrogados para 21 de dezembro.

Pré-candidatos

A um mês das convenções, Foz do Iguaçu tem 14 pretendentes ao cargo de prefeito, inclusive o atual, Chico Brasileiro (PSD), e o ex Paulo Mac Donald (Podemos), que chegou a ser eleito na última eleição, mas perdeu o mandato. Os nomes serão confirmados somente nas convenções, a serem realizadas de 31 de agosto a 16 de setembro.


Extrema pobreza

O Paraná tem hoje 317.125 famílias vivendo em condição de extrema pobreza, segundo dados do Cadastro Único para Programas Sociais, do Ministério da Cidadania. Para atender essas pessoas e os profissionais que atuam na assistência social do Estado, via Suas (Sistema Único de Assistência Social), o governo federal já repassou R$ 174.325.496 aos municípios paranaenses, sendo R$ 142.599.882 para questões relacionadas ao coronavírus. A gestão desses valores pode ser acompanhada na plataforma Data Covid-19, disponível na página do MPPR na internet.