Informe da redação: Feder no MEC, fronteiras fechadas e Eurofront

Feder no MEC?

Copacol

O Paraná pode emplacar mais um nome em Brasília. Comentários dão conta que o secretário de Educação do Paraná, Renato Feder, estará nesta terça-feira (23) em Brasília para participar de uma reunião com o presidente Jair Bolsonaro. Segundo interlocutores, a reunião é vista por Bolsonaro como uma oportunidade para que eles possam “namorar” antes de sacramentar a nomeação do secretário ao comando do MEC (Ministério da Educação). A exoneração de Abraham Weintraub foi publicada no último sábado.

 

Indicado pelo chefe

As negociações para levar Feder ao cargo avançaram desde a última sexta-feira, e Bolsonaro já teria inclusive falado ao telefone com o possível sucessor de Weintraub. A indicação é capitaneada pelo governador Ratinho Júnior (PSD) e teria sido uma sugestão do ministro das Comunicações, Fábio Faria (PSD).

 

Fronteiras fechadas

O governo federal prorrogou por mais 15 dias a restrição da entrada de estrangeiros de qualquer nacionalidade no Brasil por conta da pandemia da covid-19, seguindo recomendação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O prazo vencia ontem (22). A limitação vale para o ingresso por rodovias ou outros meios terrestres, por via aérea ou por transporte aquaviário. Brasileiros e cônjuges de brasileiros têm acesso permitido.

 

Eurofront

Uma parceria do Ministério da Justiça com organismos internacionais reforça a segurança nas fronteiras brasileiras, o combate à covid-19 e o enfrentamento ao crime de tráfico de pessoas. Denominado Eurofront, o novo programa de Gestão Integrada de Fronteiras na América Latina, patrocinado pela União Europeia, doou 80 termômetros infravermelhos e 2.160 máscaras N-95 para a Polícia Federal e para a Prefeitura de Foz do Iguaçu.

 

Roupa suja

Segue trocando farpas pelas redes sociais o vice-prefeito de Toledo, Tita Furnal. Escanteado pelo próprio grupo do governo logo após a posse, Tita diz que “apanha” agora porque questionou o fato de o Município abrir mão de verba financiada pelo Estado para usar recursos próprios para a reforma do Parque Diva Paim Barth, “numa expectativa terrível de perda de arrecadação”. A obra deve custar cerca de R$ 2 milhões.

 

Aval urgente

Já na Câmara de Cascavel, chegou com pedido de urgência o Projeto de Lei 55/2020, que cria o Hospital Municipal de Retaguarda Allan Brame Pinho, que fica prédio do antigo Hospital Santa Catarina, no Bairro São Cristóvão. Diz o Executivo que o projeto precisa ser aprovado para garantir a existência jurídica do hospital.

 

Mapa de leitos

E por falar em Cascavel… os vereadores aprovaram ontem projeto que determina que a prefeitura publique diariamente um mapa de leitos, que deve incluir o número de leitos hospitalares de unidades públicas e privadas. Há semanas que o Município compartilha boletins diários de covid-19 com a situação dos leitos da cidade e da Macro-Oeste.

 

Ônibus vazios

A Alep (Assembleia Legislativa do Paraná) iniciou ontem a discussão do Projeto 300/2020, que limita em 50% os assentos disponíveis nos ônibus intermunicipais no Paraná durante o estado de calamidade pública; já o PL 360/2020 proíbe no Paraná atos com aglomerações de pessoas em lugares e/ou espaços públicos.

 

 

Positivo!

O deputado Evandro Roman (Patriota) recebeu às 12h45 dessa segunda-feira o resultado do exame para covid-19: positivo! Ele está assintomático e conta que, desde o início da pandemia, tem feito exames semanais, toda segunda ou terça, para não pôr em risco as pessoas com as quais tem contato.

 

 

Centro Optico Parana

Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação