Informe da redação do dia 1º de junho de 2019

Amop repudia declaração

A Amop (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná) reagiu às declarações do diretor do PNI (Parque Nacional do Iguaçu), Ivan Carlos Baptiston, contrárias à reabertura da Estrada do Colono. Na nota, os prefeitos citam “preconceito, abuso e discriminação ao povo do Paraná” na fala do diretor. “Por óbvio, respeitamos a opinião de qualquer pessoa. Mas é impossível aceitar que funcionário público federal venha ‘impor’ o que é melhor para os nossos municípios e para a nossa gente”, cita o documento.

Luta histórica

A entidade municipalista defende sua posição histórica em relação à luta pela reabertura da estrada-ecológica e sugere ao servidor público que leia a Carta Aberta aos Senadores da República, elaborada pela Amop, documento que defende a preservação ambiental e a soberania nacional: “Nós sabemos que a nossa estrada ecológica trará somente benefícios”.

Painel na Faciap

Paulo Tafner, um dos maiores especialistas em previdência do País, estará em Curitiba na quinta-feira (6) para o painel “Entendendo a Previdência”, organizado pela Faciap (Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná) e pelo gabinete do deputado Homero Marchese. Será às 8h30, no salão de eventos do Hotel Mabu Curitiba Business.

Congelados

Os salários do prefeito e dos secretários municipais de Toledo estão congelados até o fim de dezembro de 2020, confirmou o prefeito Lucio de Marchi durante prestação de contas. A medida tomada desde janeiro de 2017 inclui os salários do vice-prefeito e de secretários. O motivo é economia nos cofres públicos.

Denunciado I

E por falar em Toledo… A 4ª Promotoria de Justiça de Toledo ajuizou ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra o prefeito Lucio de Marchi. O motivo foi a falta de exigência do controle de frequência dos servidores comissionados, valendo-se se lei municipal declarada inconstitucional pelo Judiciário.

Denunciado II

Apesar de o prefeito ter sido notificado sobre a decisão em agosto de 2017, apenas no início de dezembro de 2018 (depois de o MP expedir recomendação administrativa), é que efetivamente foi implantado o controle de frequência para 106 cargos comissionados existentes na época, assim como para quem tinha função gratificada e os advogados do Município.

Moro no STF

A Paraná Pesquisas revela que 59,7% dos brasileiros gostariam de ver o ministro Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública) no STF, enquanto 33,3% responderam não. O instituto entrevistou 2.019 eleitores de 23 a 27 de maio em 168 cidades brasileiras.

Renda mais alta

Na mesma pesquisa, o instituto perguntou quem vai se beneficiar com a reforma da Previdência: renda mais alta (43,7%), será igual para todos (32,4%), renda mais baixa (12,5%) e não sabe/não opinou (11,4%).

Itaipu enxuta

Até 2024, a Itaipu Binacional terá uma economia de R$ 7 milhões com o enxugamento do escritório de Curitiba e a transferência de 150 empregados da capital para Foz do Iguaçu. A Itaipu manterá em Curitiba apenas uma unidade de representação, a exemplo do que ocorre em Brasília. A medida de austeridade foi adotada pelo general Joaquim Silva e Luna, o primeiro diretor-geral brasileiro no cargo a fixar residência em Foz.

Prestação de contas

As Secretarias de Fazenda e da Saúde do Paraná apresentam na próxima semana, na Assembleia Legislativa, relatórios do desempenho de janeiro a abril de 2019. Na terça-feira (4), o secretário Beto Preto apresenta seu relatório na Comissão de Saúde Pública. Na quarta, o secretário Renê Garcia (Fazenda) expõe os dados relativos ao cumprimento das metas fiscais do primeiro quadrimestre do ano no plenário da Casa de Leis.

 



Fale com a Redação

20 + cinco =