Aeroporto Regional

O governo do Estado vai liberar as indenizações das desapropriações para a construção do Aeroporto Regional do Oeste. O chefe da Casa Civil do Governo, Dilceu Sperafico, assina nesta quinta-feira (11), em Cascavel, a autorização para liberar as indenizações aos proprietários das áreas desapropriadas.

Diálogo aberto I

A partir do dia 1º de janeiro de 2019, Foz do Iguaçu terá dois representantes na Câmara Federal e um na Assembleia Legislativa do Paraná. O Soldado Marcos Fruet foi eleito para deputado estadual, enquanto Fernando Giacobo e Nelsi Coguetto Vermelho conquistaram vagas de deputados federais.

Diálogo aberto II

A Câmara de Vereadores, por meio do presidente Rogério Quadros, adiantou que vai estreitar o diálogo com esses representantes da cidade perante as esferas estadual e federal. O propósito é definirem juntos as principais prioridades e projetos estratégicos, bem como conhecer melhor o plano de ação para o mandato que se inicia em janeiro.

Voto útil

Durante toda a campanha eleitoral, Rogério Quadros, com apoio de outros líderes locais, puxou a campanha pelo voto útil e consciente em candidatos de Foz do Iguaçu. O movimento destacou a importância de a população eleger candidatos para representação do Município. Segundo o presidente da Câmara, o número de deputados eleitos poderia ser maior se não houvesse tantos candidatos de Foz pleiteando a mesma vaga.

Voto inútil

O voto útil já foi tema de várias campanhas em Cascavel e que ajudaram a melhorar a representatividade da cidade, só reduzida quando um deputado virava prefeito. A ausência dessa ação, agora, deu no que deu: de sete parlamentares caiu para quatro.

Ladrão?

O deputado federal e ex-chefe da Casa Civil do Governo Beto Richa Valdir Rossoni (PSDB) atribuiu sua derrota domingo à denúncia apresentada pelo Ministério Público dia 1º sob acusação de envolvimento no esquema de desvio de recursos para construção e reformas de escolas públicas investigado na operação Quadro Negro. “Hoje sou visto injustamente pela sociedade como um ladrão. Aliás, meu patrimônio hoje é muito menor do que era dez anos atrás”, disse Rossoni.

Acusação

Na ação, o MP acusa Rossoni, o ex-governador Beto Richa (PSDB) e o deputado estadual e primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, Plauto Miró (DEM), e outras nove pessoas de improbidade administrativa. As investigações têm como base as delações premiadas do dono da Construtora Valor, Eduardo Lopez de Souza, e do ex-diretor-geral da Secretaria de Educação Maurício Fanini e apura desvios de R$ 20 milhões entre 2012 e 2015.

Economia milionária

O governo do Estado vai economizar em 12 meses R$ 47 milhões na alimentação do sistema penitenciário. O Depen (Departamento Penitenciário do Paraná) finalizou uma licitação na modalidade de registro de preço para o fornecimento de refeições aos 31 presídios e 37 delegacias sob sua administração, que têm cerca de 27 mil detentos. Os 33 lotes licitados, arrematados por diferentes empresas, custarão R$ 115,6 milhões. O valor máximo da licitação era de R$ 163,1 milhões.

Estratégia

A economia se deve a uma mudança no processo licitatório. Até então, o fornecimento de refeições nos presídios e nas delegacias era feito sob a modalidade de contratação direta, ou seja, cada unidade fazia seu próprio contrato, o que encarecia o processo. Além disso, a modalidade de registro de preço evita aditivos contratuais que tornam o fornecimento de refeições ainda mais caro.