Seguem as buscas pelos dois bombeiros desaparecidos durante o combate ao incêndio na sede da Secretaria de Segurança do Rio Grande do Sul, em Porto Alegra. O tenente Deroci de Almeida da Costa e o sargento Lúcio Ubirajara de Freitas Munhós não foram mais vistos pelos colegas de farda que trabalhavam no local. Deroci é oficial de serviço de dia de Porto Alegre. Já Munhós é servidor do Comando-Geral da Corporação e se deslocou voluntariamente para a SSP para auxiliar as equipes.

Além das buscas, é realizado o rescaldo no prédio. Atuam no local militares do 1º Batalhão de Bombeiro Militar (1º BBM), da capital, militares e cães da Companhia Especial de Busca e Salvamento (CEBS) e homens do 4º BBM, de Santa Maria.

No local atuaram 68 militares, das guarnições de serviço do dia, com 21 viaturas de combate e o apoio de duas autoescadas mecânicas. O governador Eduardo Leite afirmou que a prioridade é encontrar os bombeiros desaparecidos:

“Estou aqui acompanhando o trabalho feito pelas nossas equipes. Mas a prioridade absoluta é buscar os dois servidores que estão desaparecidos, do Corpo de Bombeiros. Estavam atuando no combate às chamas. Essa é a prioridade absoluta.”

Fonte: O Globo