O HU (Hospital Universitário) de Londrina voltou a ter mais de 90% dos leitos de UTI covid-19 do SUS ocupados na quinta-feira (9), de acordo com dados da central de leitos da Sesa (Secretaria Estadual da Saúde).

De acordo com o levantamento, 92 dos 100 leitos de UTI do hospital estavam com pacientes com Covid ou suspeita da doença.

Foi a primeira vez que, de acordo com os dados diários da central de leitos da Sesa, a ala de UTI do hospital superou a marca de 90% de ocupação desde o início de julho.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Londrina, o aumento da ocupação é reflexo da alta de novos casos e casos ativos. No início de agosto, a cidade tinha 451 casos ativos de coronavírus. Nesta quinta-feira (9), segundo a prefeitura, são 868 casos ativos.

De acordo com a administração de outros hospitais da cidade, também há aumento de ocupação dos leitos nos hospitais da Zona Norte e Evangélico.

“Estamos fazendo reuniões diárias com os hospitais de referencia para que, através de remanejamentos internos, seja possível dar conta dessa demanda. Já levamos para a Regional de Saúde sobre esse aumento de demanda, uma vez que a ativação de leitos é de responsabilidade do Governo do Estado”, afirmou o secretário municipal Felippe Machado.

Fonte: G1 Paraná