Hospital de Retaguarda de Cascavel deve ser inaugurado na próxima semana

Inicialmente a unidade irá funcionar com 10 leitos de UTI e cinco de enfermarias

O secretário de Saúde, Thiago Stefanello, anunciou, durante a reunião do COE (Centro de Operações Emergenciais), na tarde desta quarta-feira (6), que o Hospital de Retaguarda deverá ter sua primeira fase inaugurada na próxima quarta-feira (13).

ALEP Outubro e Novembro

A unidade receberá o nome de Allan Brame Pinho, em homenagem ao ex-diretor do Hospital Nossa Senhora da Salete, morto em um acidente de trânsito em fevereiro de 2008.

Nesta primeira fase, a unidade hospitalar terá dez leitos de UTI e cinco de enfermaria. Inicialmente, a previsão era de que o hospital inaugurasse primeiro os leitos de enfermaria para, em uma segunda fase, iniciar os trabalhos da UTI.

“Devido a situação da pandemia de covid, nós fizemos a inversão desse cenário e, nessa primeira fase, o hospital vai abrir com 10 leitos de UTI e alguns leitos de enfermaria, apenas para fazer as altas desses pacientes”, explica Stefanello.

A UPA Brasília (Unidade de Pronto Atendimento) continuará funcionando no mesmo espaço até que as obras de reforma do antigo prédio sejam concluídas.

Chamamento público de profissionais

O Consamu (Consórcio de Saúde dos Municípios do Oeste do Paraná) iniciou nessa quarta-feira (6) o chamamento público Nº 001/2020 que tem o objetivo de credenciar médicos para atuar no HRC (Hospital de Retaguarda de Cascavel) e na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Guaíra.

Os envelopes com as candidaturas serão recebidos até às 17h do dia 21 de maio de 2020, no Setor de Compras e Licitações do Consamu, localizado na Rua Uruguai, 283, Bairro Alto Alegre, em Cascavel/PR. Especificações técnicas sobre as vagas podem ser consultadas no Edital de Chamamento Público nº 01/2020. O Edital deve ser  solicitado por e-mail: licitacao@consamu.com.br, ou pelo telefone (45) 3392-6104

Reunião do COE

A reunião semanal do COE desta quarta-feira foi protocolar e serviu para analisar as deliberações feitas pelas subcomissões, que se reuniram ontem (5). ” Não há nenhuma novidade, apenas a recomendação para o município que continue mantendo medidas mínimas de distanciamento, já que conforme o boletim epidemiológico e a matriz de risco, nosso município apresentou um risco baixo, mas isso não significa que nós devemos abandonar todas as medidas adotadas, uma vez que temos um inverno pela frente e a grande preocupação é com o início de junho”, enfatiza Stefanello.

brde1

Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação