Cascavel – Apesar do avanço da vacinação em Cascavel que já chegou aos adolescentes, à repescagem para público geral e aplicação da dose de reforço aos idosos, o número de óbitos na última semana epidemiológica (SE 38) apresentou elevação, segundo o informe da Covid-19, divulgado ontem (1º) pela Prefeitura de Cascavel. A semana 38, que compreende o período entre os dias 19/09 a 25/09, registrou 22 mortes. Foram seis vidas perdidas a mais em relação à semana anterior (37), a qual contabilizou 16 óbitos.

Setembro foi marcado por instabilidade nos dados de óbitos de pacientes confirmados com a Covid-19. Os números subiram, desceram e apresentaram nova crescente no final do mês. De acordo com o informe, o sexo masculino foi o gênero que registrou mais mortes em decorrência do novo coronavírus em 2021, com 62,35%. O sexo feminino somou 37,65% das vítimas fatais.

Ainda em relação aos dados anuais, a faixa etária com maior índice de mortes compreendeu pessoas com 50 anos ou mais, sendo 20,37% de pessoas com 50 a 59 anos, 20,37% de pessoas com 60 a 69 anos, 21,98% de pessoas com 70 a 79 anos e 21,11% de pessoas com 80 anos ou mais. Segundo o levantamento, 18,02% dos óbitos ocorreram em pessoas sem comorbidade, o que reforça a necessidade de manter os cuidados de prevenção e combate à Covid-19.

Os cinco bairros que apresentaram o maior coeficiente de mortalidade foram: Floresta (48 óbitos), Periolo (35 óbitos), Parque Verde (34 óbitos), Parque São Paulo (33 óbitos) e Cancelli (101 óbitos), lembrando que este último bairro também abrange o Centro e o Country.

O boletim divulgado pela Prefeitura informou ainda que 1.060 pessoas perderam a vida após complicações da doença em Cascavel desde o início da pandemia.

 

Casos

Após um novo pico de casos confirmados, com mais de mil pessoas infectadas por semana (entre as semanas 33 e 37), o número de contaminações reduziu quase que pela metade na última semana epidemiológica (SE 38), que somou 598 pessoas positivadas com a Covid-19.

Apesar de o gênero feminino contabilizar mais casos positivos da doença (52,74%) em 2021, é entre os homens que evoluem para os casos mais graves, com 58,34%, contra 41.66% das mulheres. Os dados apontam um aumento na última semana nas faixas de idade e 5 a 9 anos, 10 a 14 anos e acima de 70 anos.

De acordo com o Informe Semanal, o Bairro Cancelli segue sendo a localidade com o maior coeficiente de incidência por 100 mil habitantes (32913,0), com 7.570 casos confirmados numa população de 23 mil moradores. Vale ressaltar que o Cancelli engloba também o centro e Bairro Country. Na sequência, estão os Bairros Floresta, Cataratas, Parque Verde e Periolo. Os dados compreendem o período entre a SE 08/2020 e a 36/2021.

 

Variante delta

A Secretaria de Estado da Saúde confirmou ontem mais 17 casos e seis óbitos decorrentes de infecção causada pela variante delta do coronavírus e suas sublinhagens no Paraná. Agora, o Estado soma 179 casos e 44 óbitos por causa desta variante.  Os dados foram repassados no relatório de circulação de linhagens Sars-CoV-2 (vírus responsável pela Covid-19), por sequenciamento genômico, da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz).

Os novos casos foram registrados em Paranaguá, Pontal do Paraná, Curitiba, São José dos Pinhais, União da Vitória, Foz do Iguaçu, Cascavel, Luiziana, Cambé, Pitangueiras, Jacarezinho e Toledo.

Os óbitos são de Curitiba, Pontal do Paraná, Foz do Iguaçu, Cambé, Pitangueiras e Toledo. As vítimas são de três mulheres e três homens, com idades que variam de 61 a 89 anos.

Até agora, 946 amostras foram sequenciadas, 581 aguardam resultado e dentre os sequenciamentos, 497 indicaram a variante P.1.

Confira datas da vacinação em Cascavel

 

O Programa Municipal de Imunização definiu o calendário de vacinação para segunda (4) e terça-feira (5). Na segunda-feira, as 42 unidades de saúde farão a dose de reforço para pessoas com 79 anos ou mais que tomaram a segunda dose até o dia 4 de abril. As unidades do Floresta, Nova Cidade e Santa Cruz que retornaram ao atendimento geral, também aplicarão a vacina. O horário de atendimento é das 8h às 12h.

Já na terça-feira a aplicação será para adolescentes de 16 e 17 anos, sem comorbidades, que irão receber a primeira dose da vacina. A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) destaca que a aplicação será apenas para essa faixa etária, já que as doses são exclusivas aos adolescentes.