O Cruzeiro confirmou a superioridade sobre o Corinthians na final da Copa do Brasil e ontem voltou a vencer a equipe paulista, desta vez por 2 a 1, em Itaquera, depois de ter largado com vantagem na decisão com vitória por 1 a 0 no Mineirão, na semana passada. Com o 3 a 1 no placar agregado, a Raposa se tornou o primeiro hexacampeão e bicampeão consecutivo da competição. O Alviceleste mineiro venceu as edições de 1993, 1996, 2000, 2003, 2017 e 2018. O Grêmio, com cinco títulos, é o segundo maior vencedor.

A conquista de ontem selou o Cruzeiro na Libertadores 2019 e rendeu um alívio extra de R$ 50 milhões no caixa, devido à premiação pelo título. Já o Corinthians segue tricampeão da Copa do Brasil (1990, 2006 e 2013) e agora se volta exclusivamente ao Campeonato Brasileiro, no qual ao mesmo tempo em que briga contra o rebaixamento tenta se manter na zona de classificação para a próxima Copa Sul-Americana.