A partir da próxima segunda-feira (5), o sistema de atendimentos a casos de covid-19 em Foz do Iguaçu passa por uma reorganização. Quatro das cinco Unidades Básicas de Saúde (UBS) que estavam realizando atendimento exclusivo para casos sintomáticos respiratórios retomam os atendimentos normais. Dessas, apenas a UBS 24 horas Padre Ítalo, no Porto Meira, seguirá atendendo pacientes com sintomas da doença.

As unidades da Vila C Velha, Lagoa Dourada, Jardim São Paulo I e Vila Yolanda irão se integrar às demais UBSs da cidade na campanha de imunização contra o coronavírus, que entre julho e agosto deverá aplicar 52 mil vacinas de segunda dose.

Outra mudança anunciada pela Secretaria de Saúde é em relação à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Morumbi, que deixa de atender somente casos confirmados e volta a atender também os casos sintomáticos, assim como a UBS 24h do Porto Meira. Nas duas unidades será feita a coleta de exames para detecção do vírus.

Para o agendamento dos exames, a orientação é sempre procurar primeiro o Plantão Covid. O acesso ao serviço pode ser feito pelo telefone (45) 3521-1800 (Whatsapp e ligação) ou ligação gratuita pelo 0800 645 5655. O paciente passa por uma avaliação prévia antes de ser encaminhado para a realização da coleta.

“Os atendimentos continuam sendo realizados com excelência para pacientes sintomáticos, mas vamos também concentrar esforços para a campanha de vacinação e preparar as unidades para acelerarmos essa imunização”, disse a secretária municipalde Saúde, Rosa Maria Jerônymo.

Atendimento domiciliar

O atendimento domiciliar começa a partir desta quinta-feira (02) a atender pessoas a partir dos 45 anos, e não somente idosos. Com a diminuição de casos de pessoas acima de 60 anos infectadas, por conta do avanço da vacinação, a ampliação foi possibilitada.

“Esse programa tem sido fundamental para o tratamento da covid-19. Além de garantir o isolamento e tratamento eficaz em um ambiente de menor risco possível a esses pacientes com uma equipe multiprofissional, estamos protegendo a nossa capacidade hospitalar e de toda rede de saúde“, salientou o diretor-presidente da Fundação Municipal de Saúde, Sergio Fabriz.

O monitoramento nas casas para garantir que as pessoas cumpram o isolamento também continua. Já foram feitas 22 notificações para a Vigilância de pessoas positivadas e contactantes que descumpriram o isolamento. Nestes casos, elas podem receber multas de até dez unidades fiscais, o equivalente a R$ 916,10. No monitoramento também é feito o acompanhamento do estado de saúde desses pacientes.