Nessa sexta-feira (3), Foz do Iguaçu completou 100% da população adulta (acima de 18 anos) vacinada com a primeira dose contra a covid-19. É a primeira grande cidade do Paraná e também está entre os principais destinos turísticos a alcançar esta meta. “A vacina salva vidas e, para nós, uma cidade do turismo, é muito importante para a segurança dos visitantes que já estão escolhendo Foz para passar os finais de semana e os feriados”, disse o prefeito Chico Brasileiro.

Entre as grandes cidades do País, São Paulo aplicou o número de doses superior à população, mas admite que pode ter vacinado pessoas de outros municípios, já que apenas a partir de maio passou a exigir o comprovante de endereço para aplicação dos imunizantes. Salvador e Florianópolis afirmam que vacinaram 100% da população acima dos 18 anos e o Rio de Janeiro está próximo de bater a meta. As três cidades, junto com Foz, formam os principais destinos turísticos no Brasil.

Foz, que espera receber de 17 mil a 20 mil turistas neste feriado prolongado, está na frente porque recebeu doses extras do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual da Saúde por sua condição de fronteira. As cidades fronteiriças estão recebendo lotes com mais vacinas para evitar a circulação de variantes do coronavírus na fronteira brasileira.

Por esta mesma razão, brasileiros que moram no Paraguai se vacinaram em Foz, o que aponta para uma outra situação.

 

Mais vacinas

A prefeitura finalizou nessa sexta um cadastro para as pessoas acima de 18 anos que ainda não receberam a primeira dose dos imunizantes. “Esse cadastro não é agendamento, é apenas um levantamento para chegar ao quantitativo de pessoas e buscar o restante das vacinas na Secretaria Estadual de Saúde e no Ministério da Saúde”, disse Rosa Jeronymo.

Foz já recebeu 304.599 vacinas e aplicou 281.907, o que corresponde a 100% da população adulta vacinada com a primeira dose e 45,8% com a segunda. A expectativa é vacinar 70% da população adulta com as duas doses até 15 de outubro.