Agricultores que integram o programa Agricultura Familiar em Cascavel, vão participar, na próxima quarta-feira (25), do Fórum da Agricultura Familiar. O evento é realizado pela Prefeitura de Cascavel, por meio do Comsea (Conselho Municipal de segurança alimentar e Nutricional), em parceria com a Areac (Associação  Regional dos Engenheiros Agrônomos de Cascavel), Itaipu , Sindicato Rural Patronal, Caisan (Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional) , Secretaria de Saúde e mais 16 instituições da sociedade civil, entre associações, cooperativas, sindicatos, instituições de ensino, pastorais e instituições religiosas.

O objetivo do Comsea é ter mais plantio em quantidade, variedade com diversificação de produtos e fortalecer o produtor. “ Queremos descascar mais e desembalar menos. Atualmente nós  constatamos o excesso de algumas variedades e falta de outras. Queremos, junto com os agrônomos da Areac, orientar os produtores quanto a necessidade de diversificar a produção para podermos oferecer quantidade , qualidade e variedade de verduras e legumes para o mercado consumidor e também para os programas municipais que  compram estes alimentos direto do produtor”, explicou a presidente do Comsea, Leonídia  Romani.

Melhor época de plantio

A intenção é orientar os produtores quanto a melhor época de plantio para cada variedade e, ainda, orientar sobre o que plantar e como  melhorar esta produção. “Queremos promover o fortalecimento da agricultura familiar na nossa região e, assim, estaremos também dando condições de  os produtores melhorarem suas vendas e consequentemente sua renda”, disse  a presidente do Comsea.

Questionário

Os produtores também devem responder  um questionário que será aplicado pelos agrônomos da Areac com o objetivo de  descobrir quais são as principais dificuldades que estas famílias enfrentam no dia-a-dia de trabalho, produção e comercialização.

Onde será realizado

O  Fórum terá início  a partir das  13H30, na sede da Areac, em Cascavel, na rua  Paranavaí,1370, no bairro Pacaembu.