Um levantamento da Secretaria de Desenvolvimento Econômico aponta que no Calçadão da Avenida Brasil existem pelo menos 120 comerciantes ambulantes. Praticamente todos atuam na clandestinidade – sem liberação da Prefeitura e comercializando produtos irregulares. Por isso, a promessa é de um arrastão por parte da Guarda Municipal e da Secretaria de Finanças para combater o comércio ilegal.

O primeiro passo em favor da regularização é a implantação do projeto experimental das Bikes Trucks – bicicletas destinadas a 16 ambulantes que estão cadastrados na Coopla (Comissão Permanente de Licença para Atividades Ambulantes) e possuem alvará para venda. A fase de testes terá duração de dois meses, em seguida, mais sete receberão a bicicleta da Prefeitura. A entrega aos primeiros contemplados será hoje, às 11h, no Calçadão da Avenida Brasil.

Ainda ontem a empresa ganhadora da licitação para desenvolver as bikes estava com o trabalho a todo vapor para dar conta da entrega. A Prefeitura vai pagar R$ 284.800 pelas bicicletas – custo de R$ 12.382 cada. As bicicletas são padronizadas: brancas, com compartimentos para os produtos. Elas se diferenciam pela cor do guarda-sol – cada uma tem uma, que corresponde ao produto vendido.

Espaço delimitado

Os ambulantes vão ficar entre a Rua Sete de Setembro e a Rua Barão do Cerro Azul. Eles receberão as bicicletas em forma de permissão de uso. Não terão custos, mas ficarão responsáveis pelos meios de transporte.