Feng Shui: o que fazer com roupas e objetos dos entes falecidos?

De uma forma respeitosa e simples, você pode utilizar algumas ferramentas do Feng Shui para te ajudar a lidar com esse momento de finalização de ciclo. 

Lidar com a morte de um ente querido nem sempre é fácil. As lembranças de quem se foi ficam em roupas, objetos e fotos espalhadas pela casa, mas o que fazer com esses objetos a partir de agora?

De uma forma respeitosa e simples, você pode utilizar algumas ferramentas do Feng Shui para te ajudar a lidar com esse momento de finalização de ciclo.

Fotos: não há motivo algum para não ter fotos de pessoas falecidas nos ambientes. De forma alguma, estas fotos trazem má energia a casa e às pessoas. Estas fotos tanto podem estar guardadas em álbuns, como expostas em porta-retratos, bem à vista de todos, sem problema algum.

Velas: não é recomendado acender velas para os entes falecidos dentro de casa. A maioria das religiões não aconselha este ritual. Agora, se sua religião, fé ou crença permitir este tipo de ritual, se é comum, claro que pode. Caso não for de sua crença ou hábito religioso, não deve acender. Os espíritas e umbandistas, por exemplo, não gostam de acender velas para pessoas falecidas dentro de casa, pois não acham a prática deste ritual apropriado dentro de uma residência ou qualquer outro ambiente. Muitos católicos mandam rezar missas a seus antepassados.

Objetos e roupas: você pode e deve guardar os objetos pessoais de pessoas mortas que lhe são úteis como Joias, canetas, anéis, relógios e coleções. Use o que puder. Tenha certeza de que será muito bom e não te trará má sorte como dizem por aí.

Pelo Feng Shui só há uma situação negativa em ter roupas e sapatos de pessoas falecidas: quando eles estão parados e sem uso. Neste caso temos um ambiente com energia estagnada ou parada. Agora, se as roupas e sapatos forem usados, maravilha. Em geral, as pessoas doam a maioria das roupas, guardando só o que forem usar. Não fique com as roupas paradas em armários e malas. Ou use ou doe.

Não é uma regra, mas muitas pessoas aguardam sete ou trinta dias da data da morte, o chamado período de luto. Aí começam a mexer nestes pertences. Ou doam ou usam.

Após o período de luto é importante começar a mexer na casa. Mas não tenha pressa. Faça quando tiver vontade e condições de fazer as mudanças. Deixe a casa com sua cara e energia. Mas, muitas vezes para dar uma levantada no “pique” das pessoas, uma pintura ou troca de moveis ajuda muito.

Fonte: Portal Terra



Fale com a Redação

17 − quatro =