Ver algo conquistado há 22 anos ir embora em questão de poucos minutos é triste e dói no coração. É desta forma que está sentindo a família de seu Selvino Weber, 73 anos, popularmente conhecido como “Homem do Melado”.

A família que reside na comunidade de São Miguelzinho, localidade que fica entre os distritos de São Roque e Moreninha, em Santa Helena, viu na manhã da última quinta-feira (15), seu único meio de renda ir por água abaixo. A pequena fábrica de melado acabou pegando fogo, após as chamas atingirem um empilhado de lenha que ficava armazenada bem ao lado da estrutura da fábrica.

Em poucos minutos o fogo tomou conta do local. Equipamentos, parte da produção de melado que estaria pronta para ser comercializada, tudo virou cinzas. A tragédia só não foi maior porque vizinhos auxiliaram a família na retirada de um veículo e a controlar as chamas evitando que o fogo atingisse um galpão ao lado.

Sem poder trabalhar e ainda precisando pagar o financiamento de máquinas que havia comprado para poder produzir o melado, seu Selvino Weber está recorrendo a ajuda da comunidade. Doações como material de construção e até mesmo em dinheiro pode ser feito a família. Neste momento tudo é bem vindo e o pouco de cada um, se tornará bastante.

A filha de seu Selvino, Rosane Maria Weber, que também trabalhava na produção de melado com seu pai e sua filha, Bruna Weber, deixa o número do Pix para quem puder ajudar a família.

Agência: Sicredi
Pix: 45988067433
Destinatário: Rosane Maria Weber

Para entrar em contato com a família, os número (45) 98806-7433 e (45) 9838-0251, ambos WhatsApp, estão disponíveis.

Confira abaixo a entrevista com seu Selvino Weber, que nos conta como tudo ocorreu no dia do incêndio.

Fonte: Rodrigo Cardoso/ Costa Oeste News